Para que a corrida tenha os resultados esperados para a saúde, é preciso ter vários cuidados antes de começar a prática do exercício. O fisiologista Luiz Riani lembra que o indivíduo precisa estar adequadamente alimentado e hidratrado. Se não, a fadiga precoce e a fragilidade do organismo comprometem o exercício.

Outro cuidado é fazer uma avaliação médica antes de começar, incluindo exames cardiológicos. Além disso, treinos mais pesados exigem acompanhamento nutricional.

E aí que começa uma mudança de hábitos que vai muito além da corrida propriamente dita. Comer bem e na hora certa, descansar adequadamente e abrir mão de vícios como cigarro e bebida já fazem uma grande diferença para o organismo. E esse tipo de atitude está diretamente relacionado ao treinamento regular de corrida.