É possível ajudar o planeta até mesmo na hora da morte. Os chamados Eco Buryngs (Eco-enterros) são práticas fúnebres que respeitam o meio ambiente. Os caixões tradicionais são substituídos por outros feitos de fibras de bambu, por exemplo.

Os Eco-enterros são realizados no meio da mata

Segundo a National Geographic, as funerárias norte-americanas são responsáveis por 90 mil toneladas de ferro, 1,6 milhão de toneladas de concreto, 800 mil galões de fluido para embalsamento jogados na natureza por ano.

Outra prática comum é a cremação, menos danosa do que os enterros comuns, mas que atualmente está sendo feita utilizado combustiveis fósseis, o que a torna, também, ecologicamente incorreta.

A prática dos Eco Buryings é bastante comum na Europa e há algum anos chegou aos Estado Unidos. Grandes empressas como a Great Burial Reef já estão envolvidas nesse projeto.

Existem até cemitérios próprios para os enterros ecológicos. No Brasil essa atividade é muito pouco difundida.