Pingente é vendido na Ecoloja

A extração mineral pode causar inúmeros impactos ambientais e sociais, mas também pode ser minimizada através do reaproveitamento. É o caso da prata, que pode ser extraída de chapas radiográficas e dos reveladores, com uma excelente pureza.

Além de evitar a extração da prata em mineradoras, ainda aproveita-se um material que é descartado muitas vezes aleatoriamente.

A Ecoloja percebeu esse cenário e criou uma coleção de peças de prata. O pingente foi desenhado por Daniela Teixeira e produzido a partir de prata 925 envelhecida proveniente de extração de chapas de radiografia.

A peça tem 3,1 centímetros de altura e 2,5 centímetros de largura, com a imagem de um carcará, e vem com certificado de autenticidade e flanela para limpeza.

Parte da venda desse produto é revertida para projetos de conservação da fauna brasileira.

Onde encontrar
www.ecoloja.art.br
R$ 71,00