Hábitos em prol da natureza vêm sendo cada vez mais frequentes entre os brasileiros. Pesquisas recentes apontam o país entre os melhores consumidores verdes do mundo.

Atitudes simples como separar o lixo, descartá-lo no local correto, economizar água, são cada vez mais comuns. A conscientização na hora de comprar também merece destaque.

No Brasil é possível acompanhar uma mudança nos critérios utilizados para adquirir novos produtos.

Enquanto em outros países, como Estados Unidos e Canadá, os principais fatores são o desenvolvimento econômico e o preço, aqui podemos observar que o desenvolvimento sustentável é, muitas vezes, mais importante.

Para a estudante de Ciência Biológicas da Universidade Federal do Paraná, Jennifer Barros, comprar produtos que produzem um menor impacto ambiental é muito importante.

“Com certeza vale a pena, é a partir dos recursos naturais que conseguimos a maioria dos nossos bens nada mais justo do que desembolsarmos um pouquinho a mais para que esses recursos sejam preservados”, conta a estudante.

Ela afirma que o Brasil está no caminho para se tornar um país sustentável, mas que ainda precisa melhorar.

“Temos evoluído bastante em relação as questões ambientais, mas acredito que ainda há muito a ser feito para que ele seja um expoente no consumo verde. Vejo atitudes sustentáveis acontecendo sim, porém, em uma escala muito pequena”, diz.

Segundo Jennifer, essa mudança começa dentro de casa. Começar a separar o lixo reciclável, fechar a torneira ao escovar os dentes, mesmo essas atitudes que já são até mesmo clichês quando falamos em hábitos ecologicamente corretos podem ajudar o meio ambiente.