O objetivo de uma reforma ecológica é transformar uma construção já existente em um imóvel mais sustentável. Para isso, não basta só a instalação de aparelhos, mas também ter vários cuidados durante o processo para que ter o máximo possível de reaproveitamento.

A obra deve aumentar a vida útil da estrutura da construção que já existe. Os aparelhos e sistemas que serão instalados devem reduzir ao máximo a dependência dos recursos naturais, o que também reduz várias despesas.

Reformas Ecológicas devem ter cuidados com a escolha dos novos aparelhos e materiais, a utilização toda a estrutura possível da construção antiga e seguir as normas de trabalho com os funcionários.

Além disso, as mudanças devem favorecer ao máximo o conforto, térmico e acústico, a circulação de ar, a iluminação e a otimização de espaços para os moradores. Assim, evita-se o uso de aparelhos para desempenhar essas funções (como ar condicionado ou lâmpadas).

Também chamada de reabilitação ecológica, a maior preocupação durante a obra e evitar o desperdício de materiais e garantir que os resíduos tenham destino apropriado. A reutilização de alguns itens também é possível e evita que sejam inutilizados.

Para garantir que o novo imóvel não tenha nenhum problema depois de pronto, deve ser feita uma análise para determinar o ciclo de vida dos materiais, para que não haja nenhuma incompatibilidade que possa causar danos às estruturas.

Outro fator importante é a segurança e bem estar de todos os funcionários da obra, atendendo às Normas de Trabalho, usando os artigos necessários de segurança e com horários e condições de trabalho justos.