As garrafas PET são grandes poluentes do meio ambiente. Pensando nisso, várias empresas buscaram maneiras de reaproveitar o material, que se tornou matéria prima de outros produtos.

É o caso da empresa Fujiro Ecotêxtil, de Blumenau, Santa Catarina. A fábrica produz camisetas e ecobags com tecidos feitos da reciclagem de garrafas PET.

A ecobag da Fujiro Ecotêxtil é feita com retalhos de malhas de algodão reciclados.

Um dos diretores da empresa, Bruno Henrique Sedrez, fala que a sustentabilidade tem um papel fundamental em todas as etapas da fábrica.

“Nosso ideal é poupar recursos naturais, minimizar os impactos causados ao meio ambiente e principalmente, estimular o engajamento com a causa ambiental, fabricando nossos produtos com malhas recicladas, feitas a partir de garrafas PET e algodão reciclado”, comenta.

As garrafas são feitas a partir do Politereftalato de etileno, o PET, que foi desenvolvido por dois químicos britânicos em 1941. O PET é formado pela reação entre o ácido tereftálico e o etileno glicol, originando um polímero termoplástico.

Essas embalagens podem ser levadas diretamente para reciclagem ou até mesmo serem recolhidas por catadores de lixo. Elas serão separadas por cor e limpas, além da retirada de rótulos e tampas.

As garrafas então são moídas e reduzidas em pequenos pedaços, que passarão por processos de fusão, filtragem e retirada de impurezas. Depois disso, o material é passado por equipamentos que o separam em filamentos, resultando numa fibra cerca de 20% mais fina que o algodão.

A próxima etapa é a transformação das fibras em fio. Depois disso, são possíveis várias combinações: elas podem ser utilizadas sozinhas ou com outros tecidos, como seda ou algodão.

Essa tecnologia permite que um material que seria jogado fora faça parte de um novo ciclo e diminui o uso de algodão natural. O Brasil atualmente recicla 35% das garrafas PET, processo responsável também pela geração de empregos na área.

A camiseta da Fujiro Ecotêxtil é produzida com tecido feito de garrafas PET recicladas.

A malha produzida pela Fujiro é feita com uma mistura de algodão reciclado de tecidos que seriam jogados fora e a fibra da PET. A empresa faz então camisetas, ecobags, uniformes.

Para cada camiseta, são utilizadas cerca de 2,5 garrafas. Ao total, a empresa calcula que  já utilizou cerca de 2 milhões de embalagens.

Além disso, a marca quer ter um papel de mudança muito maior na sociedade.

“Nosso objetivo vai além de simplesmente preservar o planeta. Queremos mesmo é causar uma mudança cultural na sociedade, que nem sempre se preocupa com o que está comprando e a forma como o determinado produto é fabricado”, comenta Bruno.

Mais informações no site da Fujiro.