Os períodos de maior movimento nas ruas coincidem com a hora de chegar e sair do trabalho. Nesses momentos o número de carros em circulação triplica. Isso contribui tanto para os congestionamentos como para a poluição do meio ambiente.

Ônibus, metrôs e meios de transportes alternativos, como a bicicleta, ajudam a diminuir o caos no transito e a reduzir a emissão de CO2. Mas o próprio carro pode ser usado como uma ferramenta sustentável.

A Chemtech, empresa que desenvolve soluções em engenharia e software, desenvolveu um trabalho que promove a prática da carona entre seus funcionários.

A líder da área de sustentabilidade, Lívia Farias, conta que o projeto, iniciado em 2010, surgiu com o apoio dos funcionários. O sistema foi desenvolvido dentro da empresa e funciona em uma plataforma on-line.

“O sistema é acessado via intranet e o funcionário tem as opções de pesquisar as caronas existentes e cadastrar novos roteiros. Além disso, ao cadastrar uma nova carona, ele pode optar por “Oferecer”, quando já sabe que usará carro ou táxi, ou “Procurar” quando manifesta seu interesse em caronar, mas não possui veículo definido”, explica.

Segundo Lívia, a equipe aceitou muito bem a implantação do novo sistema, chegando a enviar sugestões e dicas para aperfeiçoar as caronas. Todos dentro da empresa sabem que essa ação significa uma grande ajuda para a natureza.

“Com o compartilhamento de caronas há uma redução do número de carros nas ruas nos horários de rush, críticos nos grandes centros urbanos. Os principais ganhos ambientais são a redução do congestionamento nos perímetros da empresa, redução de emissão de gases de efeito estufa e redução do gasto de combustível. Entendemos que o maior ganho ambiental e social está associado ao uso de transporte público e nos casos em que exista infraestrutura segura, meios como bicicleta, skate, no entanto, sendo realmente necessário o uso de um carro, incentivamos a carona”, conta.

Os benefícios dessa prática não são exclusivamente voltados par ao meio ambiente, dentro do local de trabalho a carona contribui com uma maior integração entre os funcionários, Lívia define a proposta como “uma forma de socialização entre os diferentes projetos e pessoas”.