As primeiras garrafas ecológicas para vinho produzidas no Brasil chegam aos mercados. Lançadas pela Verallia, empresa fabricante de vidros, elas têm um peso menor do que as embalagens comuns, utilizando 15% menos matéria-prima.

As garrafas da Verallia são as primeiras no Brasil a apresentar a mudança na quantidade de vidro. (Foto: Divulgação Verallia)

Também colaboram com a redução de 15% na emissão de CO2 e de 4% no gasto de energia durante o processo produtivo. O primeiro lote da inovação sustentável é composto por 12 garrafas para vinho, nos formatos Bordeaux e Borgonha.

A mudança já foi aplicada em algumas vinícolas da Espanha e da Itália. O resultado percebido foi também a economia de energia para o transporte, já que a carga ficou um pouco mais leve.

Segundo Sandra Zotti, graduada em Viticultura e Enologia em Bento Gonçalves e enóloga da Vino!, em Curitiba, comenta que a mudança não altera nenhuma propriedade do vinho e é apenas uma questão de estética.

A expectativa da Verallia é de que as “eco-garrafas” representem 10% de participação nas vendas realizadas até o final de 2010 e, a médio prazo (2012 ou 2013), espera-se atingir o mínimo de 30%.