Iniciativas de produção de peças com materiais sustentáveis já são realizadas em vários lugares do planeta. E, além de fazerem bem ao meio ambiente, a fabricação das peças beneficia as comunidades locais em que acontecem, já que promovem uma mão-de-obra justa e incentivam a geração de empregos.

A Edun tem roupas femininas e masculinas, com tecidos sustentáveis. (Foto: divulgação)

Um exemplo é a Edun, uma loja online que usa o conceito de justiça em todas as etapas da produção e ainda beneficia comunidades africanas. As peças so feitas em tecidos sustentáveis (incentivando inclusive a plantação de algodão orgânico) e com respeito aos funcionários.

As roupas da A.D.O. são feitas com tecidos confortáveis para a pele. (foto: divulgação)

Já as roupas da A.D.O. são produzidas com fibras e pigmentos naturais. Feitas em pequenas comunidades da Índia, seguem os direitos trabalhistas e tiram várias pessoas de situações insalubres de trabalho.

Além de ajudar artesãos chineses na produção, os óculos ajudam comunidades carentes doando dinheiro para cirurgias de olhos. (Foto: divulgação)

A Kayu desenvolve armações de óculos em bambu, com mão-de-obra justa de artesãos chineses. Além disso, a venda de cada peça é revertida em uma cirurgia para correção de problemas de visão em países carentes, graças a uma parceria feita com a ong Unite for Sight.