A busca por materiais sustentáveis está aumentando significativamente em diversos setores. Um exemplo claro é do vestuário, com os tecidos ecológicos. E outro surge no rastro: calçados sustentáveis.

Pouco sabemos sobre a matéria-prima dos nossos calçados, especialmente daqueles fabricados fora do país. E sabemos muito menos ainda sobre o processo de fabricação.

Sandália com solado de pneu reciclado (Foto: Divulgação)

Sandália com solado de pneu reciclado (Foto: Divulgação)

No Brasil, a empresa paulista Goóc Eco Sandal fabrica sandálias com o solado feito de borracha de pneu reciclado. Ao invés de ser descartado, a matéria-prima é reutilizada para se transformar em calçados.

Para produzir as sandálias, o pneu primeiro precisa virar pó. Depois é regenerado e misturado com borracha natural e sintética. Por fim, faz-se o molde do solado.

Estima-se que são produzidos cerca de 40 milhões de pneus por ano Brasil, mas quase metade é descartada no mesmo período. E já que o pneu demora mais de 600 anos para se reciclar, nada melhor que reutilizá-lo.

A Goóc já reciclou cerca de 2,5 milhões de pneus e espera reciclar mais 40 milhões até 2014.

“Queremos convocar toda a classe empresarial brasileira a participar da causa, para incentivar e desenvolver seus produtos através da técnica de reciclagem de pneus”, afirma Thái Quang Nghiã, fundador da Goóc.

Chinelo feito com fibras de bananeira (Foto: Divulgação)

Chinelo feito com fibras de bananeira (Foto: Divulgação)

Mas não é só de pneu reciclado que são produzidos calçados ecológicos. A grife Green Valley, de Camboriú (SC), desenvolveu um chinelo de folha de bananeira com alças de látex.

O chinelo é resultado de vários anos de trabalho junto à comunidade de bananicultoras da cidade de Corupá (SC). Além disso, as tiras do chinelo são feitas de látex biodegradável produzido no Acre e no Amazonas, por famílias ribeirinhas, com tecnologia desenvolvida pela Universidade de Brasília.

Fora do Brasil, existem vários exemplos de calçados fabricados com materiais sustentáveis. É o caso da norte-americana Simple Shoes, que usa diversas matérias-primas.

São estofamentos, fibras de bambu, plástico, pneus, algodão orgânico, cânhamo, papel reciclado, borracha natural, rolhas de cortiça, coco e couro reciclado. Tudo isso se transforma em tênis, chinelos, sandálias e bolsas.