A loja de móveis sustentáveis em madeira por internet, Meu Móvel de Madeira, acaba de fechar uma parceria com o Exército da Salvação. Os compradores do São Paulo e Rio de Janeiro podem, além de comprar os produtos, doar móveis que tinham em casa para bazares beneficientes. O incentivo é feito a partir de um adesivo colado nas caixas. As peças serão retirados do local pelo Exército da Salvação.

“Com esta parceria, além de contribuir com a entidade, também queremos oferecer a nossos clientes um destino prático e “do bem” para os móveis antigos, já que não é preciso nem sair de casa para doá-los”, afirma Ronald  Heinrichs, diretor da empresa. Segundo ele, juntas, as cidades do Rio de São Paulo são responsáveis por mais de 40% das compras feitas pelo site.

A fábrica foi criada em 2006 e sempre foram vendidas no comércio virtual. São cerca de 550 itens do catálogo fabricados com madeira de foresta plantada.

Em 2010, em iniciativa inédita no setor moveleiro, a MMM lançou o selo Carbono Neutro, que informa ao consumidor a quantidade de carbono que cada móvel vendido na loja virtual neutraliza.

A bicama é um exemplo dos móveis com selo Carbono Neutro. A peça neutralizou 20 kg de carbono. (Foto:Divulgação)

O calculo é feito a partir da quantidade de carbono sequestrado por metro cúbico de madeira, reduzido da quantidade emitida pela unidade de móveis durante o processo produtivo. O resultado estampado no selo mostra que a produção dos móveis vendidos no site da Meu Móvel de Madeira retira mais carbono da atmosfera do que emite.

Além disso, a empresa faz coleta seletiva, usa sistemas de vídeo conferência para reduzir deslocamentos, e um cuidado com as sobras da linha de produção. Pedaços pequenos são utilizados e pedaços não aparentes dos móveis, como as réguas, e o restante é utilizado para obtenção de energia.