Almofadas da Bambagino, feitas com tecidos de experiências do designer Christopher Zoellner.

Essas almofadas são feitas com experiências do designer têxtil Christopher Zoellner, no Japão. (Foto: Leniza Wallbach)

Quando viu os retalhos da confecção de uma amiga, Leniza Wallbach teve a vontade de dar um novo uso aos tecidos. E em pouco tempo nasceu a Bambagino, uma loja de almofadas sustentáveis.

Feitas à mão, cada peça é única. Todos os retalhos, normalmente recolhidos da confecção da amiga de Leniza, em Blumenau, são utilizados. Quando os pedaços de tecido não são usados nas capas das almofadas, são aproveitados em detalhes, forros, acabamentos ou ainda enchimentos.

Leniza consegue fazer entre 10 e 20 almofadas por mês, dependendo da quantidade de tecido que recolhe. Além disso, planeja aumentar a sustentabilidade das peças.

“Futuramente pretendo ampliar a origem da matéria-prima, com a utilização de tecidos reciclados provenientes de diferentes fontes, mas por enquanto ainda estou em fase de pesquisa”, comenta Leniza.