De uma maneira sutil, a exposição Poéticas Urbanas: Design retrata a sustentabilidade urbana. Apesar de ter como tema principal a relação entre as cidades e o design, a discussão não pode fugir de um tema tão recorrente como a necessidade de um ambiente equilibrado.

“As cidades constituem o maior desafio para o design que pensa sobre a sustentabilidade. O uso de energia, solo, alimentação, proteção em espaços urbanos constituem algumas faces do problema a ser enfrentado”, comenta Ronaldo de Oliveira Corrêa, curador da exposição.

Luminárias feitas com xícaras

Luminárias feitas com xícaras são exemplo de como reaproveitar materiais. (Foto: Eduardo Ponzoni Dognini)

Ao todo, a exposição conta com 21 designers, com 24 obras. As obras incluem posters, móveis, luminárias, esculturas e ilustrações.

Para Eduardo Ponzoni Dognini, um dos expositores, em sua obra especifica a sustentabilidade fica mais evidente. A instalação de luzes reutilizou xícaras para formar luminárias.

“A instalação discute hábitos e valores de consumo e a questão do descarte dos produtos”, comenta Eduardo.

A exposição faz parte da Bienal Brasileira de Design e estará aberta até o dia 31 deoutubro, em Curitiba, no Museu de Arte da Universidade Federal do Paraná.