As hortas são a melhor opção para uma alimentação mais saudável e sustentável, mas nem sempre a opção mais prática, tanto por tempo como por espaço. Por isso, surgiram nos EUA e na Itália iniciativas que podem ser uma solução para o problema – ou pelo menos uma ajuda.

O idealizador da VeloVeggies é Randall Dietel, de 25 anos, que queria unir a boa alimentação com uma das suas paixões: o ciclismo. (Foto: Divulgação)

A VeloVeggies, em Minneapolis, EUA, não é nada mais que um delivery de frutas e verduras feito em uma bicicleta. Todo o alimento é produzido em fazendas locais e divididos em kits, que custam entre US$ 18 e US$ 40. Além disso, a empresa realiza um sistema de coleta de resíduos orgânicos, que são encaminhados para os produtores usarem como adubo.

Já a italiana Le Verdure Del Mio Orto (as verduras da minha horta) permite que você mesmo crie a sua horta, só que virtualmente. Após escolher o tamanho do terreno e a variedade das plantas, a empresa se encarrega em plantar e entregar todos os alimentos na sua casa. Uma horta de 30 metros quadrados, recomendada para dias pessoas, custa 850 euros por ano.

As fazendas da Le Verdure Del Mio Orto ficam na região entre Milão e Turin. (Foto: Divulgação)