Novidade no mercado, o papel semente é um material reciclado e biodegradável que pode ser plantado depois do uso e completamente reutilizado. As sementes podem ser de flores, temperos ou chás e o papel pode ser usado normalmente. Depois, basta plantar para nascer uma planta.

Papel semente molhado e germinando. (Foto: Papel Semente)

“Fazemos convites de festas, chá de bebê ou até campanhas de marketing de grandes empresas”, comenta Andréa Carvalho, do departamento de sustentabilidade da empresa Papel Semente.

As sementes utilizadas até agora são as de boca de leão, cravinho, cósmea, salsinha, agrião, rúcula, manjericão, erva doce e camomila. A Papel Semente também pesquisa novas plantas e promete novidades para o ano que vem.

O prazo de validade dos produtos da Papel Semente ainda não são certos. “Como somos novos, temos apenas um ano, testamos papel produzido há um ano atrás, por enquanto esse é o prazo de validade que podemos garantir”, explica Andréa.

Além da Papel Semente, o produto pode ser encontrado no Grupo Eco.