A Casa Eco de Campinas, projeto realizado pela arquiteta Renata Marangoni, já está pronta e aberta para visitações.  O projetode criar uma casa 100% sustentável é um desafio proposto pela prefeitura da cidade no evento Sustentar.

Casa Eco foi feita com madeira de reflorestamento. (Foto: Divulgação)

São vários aspectos da construção que garantem a sustentabilidade. Uma das características mais marcantes é a auto-suficiência em energia, garantida com o uso de sistemas de energia eólica e aquecimento solar.

Outros aspectos da construção é o uso de telhados verdes e do paisagismo, técnicas que melhoram o conforto térmico do ambiente. A madeira usada na estrutura e nos móveis são de reflorestamento e o isolamento das paredes foi feita com lã de vidro. A iluminação é de lâmpadas de LED e a casa dispõe de um reservatório para reaproveitar a água da chuva e o reuso da água do banho.

Nesse projeto, o vidro é utilizado como elemento de integração dos espeços e interação entre os ambientes  interno e externo. O material melhora a iluminação interna dos espaços, diminuindo a necessidade de luz elétrica, e auxilia na ventilação e conforto acústico. Os vidros usados foram uma parceria com a Divinal Vidros.

O projeto está em exposição no Parque Portugal, na Avenida Dr. Heitor Penteado, localizada no bairro do Taquaral. A casa idealizada pela arquiteta ficará exposta até o mês de dezembro.