Uma parceria entre Ibama e Inmetro faz com que os carros produzidos em 2011 saiam da fábrica com uma etiqueta contendo informações sobre a eficiência energética e emissões de poluentes. A parceria também pretende definir um novo critério para o cálculo do IPI usando o indicador ambiental/eficiência energética em consideração.

A intenção é dar para o consumidor dados e informações para que ele possa escolher uma opção ecologicamente correta, que pode ser mais econômica para o usuário e agride menos o meio ambiente.