Máquina pode ser adaptada para materiais e necessidades do estabelecimento. (Foto: Divulgação)

Chega ao Brasil a Máquena de Venda Reversa (RVM), aparelho que utiliza tecnologia avançada para identificar, coletar, compactar e documentar diversos materiais recicláveis. Cada máquina recebe um tipo de programação para reconhecer qual resíduo será inserido e armazenar em diferente compatimentos, pronto para o transporte seletivo. Quando o consumidor deposita materiais, ele recebe um vale-desconto, que pode ser usado na próxima compra no estabelecimento. A empresa responsável foi a Susten Trading.

Os materiais que podem ser recolhidos são latas de alumínio e metal, garrafas PET, plásticos, vidros e embalagens de produtos de beleza e limpeza. O aparelho pode ser muito útil para as empresas para a Política de Resíduos Sólidos brasileira, em que as empresas devem ter um sistema de logística reversa (recolher resíduos gerados pelos produtos da empresa e encaminhar corretamente).

A empresa estima que até o final de 2010 esteja pronta para comercializar 10 equipamentos, mas apenas em São Paulo. Para 2011, o objetivo é espalhar cerca de 100 máquinas em todo o país. A própria empresa está capacitada para oferecer a coleta dos resíduos e treinar os clientes para o manuseio da máquina.

Para mais informações visite o site da empresa.