A poltrona Flames tem a estrutura em papelão ondulado, é revestida com papel de fibra de cana e lonita de algodão e acabamento com impermeabilizante de silicone.

A Paper Art produz móveis diferentes e sustentáveis. Com técnicas de marcenaria e cartonagem e uma matéria prima reciclada e reciclável, Adilio Santos (conhecido como Small) e Adeildo Santos (conhecido como Didus) montam produtos ecologicamente corretos.

A sustentabilidade pode se apresentar de uma maneira diferente em casa peça.

“Temos peças que são todas em papel, portanto 100% recicláveis. Há outras que são de reaproveitamento de materiais. Mas o objetivo maior é que todos os materiais usados tenham de alguma forma um histórico que agregue o conceito dos três R – recicle, reduza e re-aproveite – sendo assim, usamos matérias de origem orgânica, recicladas ou recicláveis como papelão ondulado, garrafas reaproveitadas, lonas de algodão, tecidos de PET reciclado, MDF, OSB, e por ai a fora a final, trabalhar a reciclagem proporciona uma gama muito extensa de possibilidades”, comenta Small.

Modelo de gaveteiro: móveis reciclados e recicláveis têm a mesma durabilidade de um material convencional.

Mesmo sendo feitas de materiais diferentes, as peças não são descartáveis e têm uma durabilidade convencional. Mesmo assim, várias pessoas ainda estranham os produtos.

“Ainda temos o desafio de quebrar muitos paradigmas pois além de as pessoas não serem habituadas a consumir o papel neste formato como uma poltrona na qual você vai sentar, estante que vai ambientar, um gaveteiro ou cômoda no qual guardará seus objetos, tem também o mais difícil, que é quebrar este “link” do reciclável e do descartável, esta é uma percepção que está fortemente incrustada nas pessoas”, explica Small.

As peças custam de R$ 100,00 a R$ 2.500,00. As peças também podem ser feitas por encomenda. Para mais informações, visite o site.