Desde a origem até o descarte, a madeira plástica é um produto que vem atraindo a atenção pelas suas características e propriedades ecologicamente corretas. É muito similar à madeira convencional, mas é totalmente reciclável ainda com uma relação de custo-benefício maior.

O material possui grande aplicabilidade, também com muitas vantagens. A sua manutenção não leva verniz, selante ou acabamento, tornando-se mais durável do que a madeira de lei tratada. A qualidade pode depender da marca escolhida, mas entre as características da madeira tratada estão: resistência à corrosão e pragas, não absorve umidade, não empena e não racha.

Visualmente, a madeira plástica pode ser idêntica à convencional, por combinar na sua composição fibras vegetais ao plástico. A composição varia, podendo incluir além dos resíduos plásticos e vegetais, os descartes minerais, animais e industriais. O processo não gera poluição ou novos resíduos.