A ONG Acreditar ganha a quarta edição do projeto Generosidade, da Editora Globo. A organização foi criada em 2001 e promove o microcrédito rural entre jovens de 28 e 29 anos, na cidade de Glória do Goitá, no Pernambuco, prezando sempre pela sustentabilidade social e ambiental.

“A Acreditar trabalha diretamente no desafio da sustentabilidade na perspectiva de contribuir efetivamente para o desenvolvimento local. Procuramos fomentar a agricultura orgânica, a agroecologia e recusamos projetos que façam uso de agrotóxico, fumo e bebidas alcoólicas. Buscamos incentivar práticas de negócios com modelos diferenciados, de forma a efetivar um compromisso com o desenvolvimento sustentável, que reflita diretamente na família e na sociedade. Tudo isso implica em sustentabilidade”, explica Lilian Prado, coordenadora do projeto Acreditar.

Como vencedora do projeto Generosidade, a Acreditar receberá R$ 200 mil para incentivo. “O Prêmio Generosidade vai diminuir a fila de espera dos clientes que demandam acesso ao financiamento da Acreditar, seja para começar ou manter seu negócio, promovendo um ponto de equilíbrio para o acesso ao crédito”, comenta Lilian.

O grande desafio da Acreditar é fazer com que os jovens não emigrem e que possam fazer o desenvolvimento da cidade. Com poucas opções de trabalho (a produção do local é voltada para monocultura em latifúndios), a maioria depende do trabalho dos pais ou sai da cidade. A ONG então tenta promover o crescimento de iniciativas de negócios, empregos e qualidade de vida para essas pessoas.

Para Lilian, o trabalho realizado envolve inclusive a autoestima das pessoas. “A mudança só começa quando as pessoas se sentem agentes de transformação. Não podemos falar em transformação social, ambiental e em desenvolvimento antes que as pessoas possam transformar sua própria realidade; realidade que se enraíza na história das suas famílias e que precisa mudar”.

Projeto Generosidade
Para participar do projeto Generosidade, as ONG’s devem enviar o trabalho realizado pelo site da editora. As histórias enviadas podem ser publicadas nas revistas da Editora Globo e participar da seleção de melhor projeto de ação social, feito por um júri formado por convidados e parceiros da editora.

“Para fazer a seleção e escolher o melhor projeto estabelecemos os seguintes critérios: clareza e relevância dos objetivos; capacidade de realização; impacto comprovado sobre o público-alvo; capacidade de articulação com outros parceiros da sociedade e com o poder público; e impacto da doação sobre a realização e ampliação das metas do projeto”, explica Bizzuca Corrêa, coordenadora do Projeto Generosidade da Editora Globo.

Mais informações e inscrições no site do Projeto Generosidade.