Chega no mercado um novo produto de irrigação de jardins, da Regatec. Utilizando um sistema de irrigação por gotejamento subterrâneo, ele economiza água e energia elétrica, e tem uma vida útil prolongada.

Sistema pode ser instalado em diversos tipos de terreno, desde jardins residenciais até campos de futebol. (Foto: Regatec)

O problema de muitos sistemas similares era o entupimento do material pelas raízes das plantas. O novo produto contém uma placa de cobre. “O cobre apenas cria uma área em volta das raízes que não querem crescer. Não há nenhuma contaminação ou risco para a grama”, explica o engenheiro Danny Braz, diretor geral da Regatec.

A durabilidade do novo produto chega a ser 15 anos maior. Antes das placas de cobre, a vida média dos sistemas era de três anos. Além disso, Danny calcula que a economia de água pode chegar a 50%.

Danny também explica o funcionamento do sistema: “Há um tubo de polietileno, que possui um gotejador embutido, que por sua vez tem uma espécie de labirinto, por onde a água passa e perde pressão, saindo por um furinho e gotejando. A razão da perda da pressão é para que todos tenham a mesma vazão, independente de onde estejam, perto ou longe da fonte de água. Perto ou em volta deste furinho há uma chapinha de cobre. Ao passar pelo cobre cria-se uma camada de íons que não deixa a grama chegar perto, nem a raiz entrar, evitando o entupimento”.

O sistema exige pouca manutenção. Além do cuidado para não danificar os canos na hora de cortar grama ou limpar o jardim, é preciso que ele seja ligado toda semana.