Na ordem: ambiente completo, mesa lateral Jurere, banco Rud, mesa de centro Jurere e mesa de centro Sambaqui.

O uso de madeira ecológica ou de reaproveitamento é cada vez mais frequente entre designers do país e também mais acessíveis. É o caso do designer e arquiteto Ibanez Razzera e do designer Carlos Motta.

Ibanez Razzera apresentou recentemente a linha de móveis Stück, produzida com descartes de madeira, que normalmente iriam para o forno de uma olaria. A linha tem produtos como mesas de centro, base de mesa de jantar, bancos, aparadores e banquetas.

A madeira utilizada na linha é proveniente de plantios sustentáveis, como o eucalipto, ou do uso de madeiras alternativas e sem valor comercial significativo, como a Cinamomo e a Uva Japão. A linha de móveis foi finalizada com um verniz à base de água, que não utiliza solventes químicos.

Os produtos podem ser encontrados na Quintue.

Já Carlos Motta já tem 40 anos de carreira. Usando madeira reutilizada, o designer produz diversos tipos diferentes de móveis, como sofás, cadeiras, mesas e bancos.

A madeira normalmente é de demolição, ou “redescoberta”. Antes da fabricação dos móveis, a madeira precisa ser completamente limpa, retirando inclusive todos os metais (como pregos e parafusos). As peças produzidas são muitas vezes únicas, ou de pequena reprodução.

Entre no site do Carlos Motta para mais informações e a lista de locais onde os produtos podem ser encontrados.

Sofá de Carlos Motta utiliza madeira de demolição.