No dia 22 comemora-se o Dia Mundial da Água, que esse ano tem como tema “Água para as cidades: respondendo ao desafio urbano”. A data quer promover a reflexão sobre a gestão da água em vários níveis, como governo, organizações, comunidades e indivíduos.

No Brasil, a gestão urbana se torna um item necessário, já que um estudo da Agência Nacional de Águas (ANA) indica que o país precisa investir R$ 70 bilhões para oferecer água de boa qualidade para todas as cidades do território. Ainda segundo o relatório, 55% dos municípios nacionais podem ter o desabastecimento até 2015.

Já a ONU, criadora da data, pediu que os governos reconhecessem a crise da água em áreas urbanas como um problema de governo e não de escassez, promovendo melhores políticas em relação à esse tema a partir de agora. A organização ressalta também que a falta de água é um risco à dignidade e à boa saúde das pessoas.

Veja dicas para utilizar melhor a água e evitar o desperdício:

1. Reutilize a água sempre que possível. Depois que usada para lavar roupa, ainda pode ser usada para lavar calçadas, por exemplo.
2. Opte por lavar as calçadas com balde, e não mangueira.
3. Quando for construir ou reformar a casa, opte por sistemas que ajudem a evitar o desperdício, como a reutilização da água do banho para a descarga ou espaços para armazenamento da água da chuva. A água captada pode ser usada para a limpeza de carros e calçadas e para a irrigação de jardins. Opte também por vasos sanitários que tenham duas opções de descarga.
4. Lembre que você não usa apenas a água que consumida diretamente para beber, cozinhar ou limpar – todos os produtos que você usa foram produzidos com consumo de água. Tente pesquisar os números e opte por aqueles têm um impacto menos e consuma apenas quando necessário. Esse consumo de água se chama Pegada Hídrica.
5. Economize água no dia-a-dia. Mantenha a torneira e o chuveiro fechados enquanto escova os dentes e se ensaboa no banho. O mesmo vale para lavar a louça.
6. Verifique os vazamentos da sua casa, tanto em canos como em torneiras. Fazer consertos e manutenção regulares evita o desperdício de água.
7. Cuidado com o tempo que fica no banho.
8. Faça uma limpeza prévia das louças, retirando o máximo de resíduos sólidos antes do momento de lavar.
9. Utilize a máquina de lavar louças ou a de roupa apenas quando estiverem com a capacidade máxima. Quando não for possível, regule o nível de água que será usado.
10. Faça o controle da utilização de água pela conta mensal. Aumentos significativos e repentinos podem representar um vazamento. Além disso, é possível ver se medidas de racionamento estão surtindo efeito.
11. Se você mora em condomínios, note que a conta da água é muitas vezes dividida igualmente entre os moradores. Nesses casos, é mais difícil de controlar o uso individual do recurso. Por isso, uma opção é tentar fazer uma campanha de conscientização coletiva entre os moradores.
12. Não jogue lixo nas ruas. Ele pode acabar contaminando os rios da região.