O arquiteto Glaucio Gonçalves, foi responsável pela reforma no EB-A (Espaço Brasileiro de Arquitetura, transformando o espaço com sustentabilidade. Assim, mostra que cada vez mais é possível reformar cuidando do meio ambiente.

“A construção civil é uma das maiores destruidoras e poluidoras do meio ambiente. É indispensável abordar o desenvolvimento sustentável na decoração e torná-lo real, não somente sob o ponto de vista do mercado, como também do compromisso social e de toda a humanidade. Assim, com a escolha de móveis sustentáveis, possibilitaríamos uma nova realidade para a decoração e para o meio ambiente nos próximos anos”, comenta Glaucio.

Entre os produtos utilizados está o revestimento Ecowood, na Portobello, que substitui a madeira natural. Além disso, são utilizados móveis da Amazônia Móveis, que utilizam fibras naturais, e do Empório dos Dormentes, com material que reaproveita a madeira retirada de postos de luz. Por último, ainda é utilizada a lareira ecológica (Ecofire Place), que funciona com um bio fluido (não produzindo nem fumaça nem cheiro), com baixa emissão de CO2.

Para a escolha dos produtos mais sustentáveis, Glaucio recomenda pesquisa: “Hoje o mercado oferece diversas empresas que estão com esse foco sustentável. Revistas especializadas e a internet são os melhores caminhos. É sempre muito importante verificar a procedência destas lojas e se o objetivo é realmente com o meio ambiente ou apenas marketing”.

Para mais informações e projetos do EB-A e do Glaucio Gonçalves, acesse o site da empresa.