A Fundação Vanzolini é a responsável pelo processo de certificação AQUA, destinado para construções sustentáveis no Brasil. A empresa já certificou 29 edifícios e um conjunto residencial, mostrando que o ramo pode ser cada vez mais sustentável.

Bruno Casagrande. (Foto: Divulgação)

Bruno Casagrande, executivo de negócios da Fundação Vanzolini, explica que antes do modelo AQUA eram utilizadas certificações internacionais. “Era uma demanda do mercado brasileiro ter normas próprias para a certificação da construção civil. Assim, é mais fácil para o consumidor identificar os empreendedores sérios”.

Para diminuir o impacto ambiental do setor de construção civil, a empresa se baseia em 14 critérios de desempenho, divididos em quatro grupos: eco-construção, eco-gestão, conforto e saúde. Além disso, leva em consideração as fases de uma obra: a programação, a concepção, a realização e a operação.

A empresa também é responsável pela certificação do Escritório Verde, construção 100% sustentável realizada pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

Escritório Verde, projeto da UTFPR, está em etapa de finalização em Curitiba.

A empresa estava presente na VI Reciclação, a Feira Brasileira de Reciclagem, Preservação e Tecnologia Ambiental, em Curitiba, que ocorreu nos dias 04 a 07 de maio. Para masi informações, acesse o site do Processo Aqua.