Uma das palestrantes do “Criar Sustentável” é a Andrea Goldschmidt, da Apoena Sustentável, consultoria de gestão especializada em sustentabilidade. O tema da palestra é “Relatório de Sustentabilidade como uma Ferramenta de Gestão”.

Confira a entrevista:

Atitude Sustentável: Como o relatório de sustentabilidade deve ser usado pelas empresas?
Andrea Goldschmidt: A ideia é abordar o relatório não só como uma ferramenta de comunicação, mas também como gestão da sustentabilidade. Uma das etapas é levantar indicadores e informações da empresa sobre questões ambientais e sociais, é necessário avaliar o desempenho da empresa em cada ação, que devem ser usados para melhorar as ações.
Assim, fazer um relatório é o fechamento de um ciclo: avalia o trabalho feito e faz um diagnóstico, melhorando as próximas etapas dessa ação. Além disso, é uma maneira de tornar as informações públicas e organizadas.

AS: Qual a diferença para o consumidor?
AG: O relatório não é feito necessariamente para os consumidores, mas mais para a própria empresa. O consumidor precisa filtrar as informações do documento para buscar as informações chave, por exemplo. Além disso, a empresa pode usar os dados do relatório para divulgar ações de uma maneira mais acessível para os consumidores, mostrando o tipo de ações que a empresa realiza.

AS: Quais as principais informações do relatório deve conter?
AG: Uma metodologia que usamos o estudo de materialidade. Existem muitos indicadores de desempenho, mas para cada setor existem indicadores mais importantes. Em uma empresa de bebidas, por exemplo, o uso de água é um dos fatores mais importantes. Já em prestadoras de serviços, um indicativo mais importante é o tratamento com os funcionários. A própria empresa deve indicar quais áreas são mais importantes para aquele setor. Ao total são 79 indicadores, mas a empresa deve priorizar os indicadores daquele segmento.

Mais informações? Acesse o site da Apoena Sustentável e do Criar Sustentável, que acontece no dia 25 de maio, em São Paulo.