A empresa Item 6 é uma nova proposta para a arquitetura e o paisagismo sustentáveis. Criada pela Karla Cunha, arquiteta e gestora ambiental, e Camila Simhon, também arquiteta e paisagista, a proposta é que a sustentabilidade seja praticada em projetos com naturalidade, fazendo com que a construção não tenha impacto no meio ambiente e seja viável para os moradores.

O nome Item 6 se refere à Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano, que abordava (no item 6) a defesa e melhora do ambiente humano para as atuais e futuras gerações, através da paz e do desenvolvimento econômico e social.

Para isso, é importante que sejam usados mais do que apenas produtos sustentáveis nessa mudança de modelo.

“As pessoas sempre pensam nos materiais ambientalmente corretos quando se fala em construção sustentável, mas esse item é apenas um entre uma série de fatores que precisam ser respeitados. É preciso levar em conta o planejamento sustentável do projeto e da obra, o aproveitamento passivo dos recursos naturais, as questões relacionadas à eficiência energética e economia de água, o bem estar dos usuários, entre outros”, explica Karla.

Quanto ao maior obstáculo para os processos sustentáveis, Karla comenta que antes os preços eram muito caros, mas isso já mudou, sendo competitivos com os produtos não sustentáveis. O maior problema é o Greenwashing, ou a maquiagem verde, que faz com que os consumidores acabem escolhendo produtos que nem sempre são sustentáveis de verdade.

Já quem não está construindo uma casa nova deve pensar se uma reforma vai valer a pena. “De um modo geral, é possível implantar sistemas para economia de água e energia elétrica, além de práticas no dia-a-dia dos usuários que podem fazer toda a diferença em sua qualidade de vida”, comenta Karla.

O site da Item 6 ainda não está no ar, mas em breve trará mais informações sobre o trabalho realizado.