As madeiras plásticas estão no mercado para competir com a madeira comum, sendo visualmente idênticas mas com várias vantagens sustentáveis. Desde os anos 90, elas podem ser feitas a partir de fibras ou plásticos pós-uso, facilitando a reciclagem desses materiais.

Totalmente recicláveis e recicladas, não contém nenhuma substância tóxica, que podem estar nas madeiras tratadas. A empresa Wisewood comercializa madeiras plásticas e estão estudando o processo de logística reversa, além de incentivar a sustentabilidade no projeto “Madeira Sábia”.

“O Projeto funciona assim: recebemos instituições educacionais na Wisewood, mostramos nosso processo produtivo totalmente sustentável, isto é, a transformação do resíduo plástico em madeira plástica”, explica Jose Luis Rauter, diretor de marketing da empresa.

Pioneira na produção de madeira plástica em escala industrial no Brasil, a Wisewood recicla cerca de 900 toneladas por mês de plástico pós-uso (polietileno de alta densidade, polipropileno e fibra de vidro). Podem ser utilizadas em decks, piers, revestimentos, mobiliário interno e externo, pergolados, gazebos e caxepós para paisagistas.