Casa construída com tijolos ecológicos (Foto: Divulgação/ Eco Produções).

Uma série de fatores faz uma obra mais sustentável: desde a hora do planejamento até a construção, a escolha de produtos e serviços mais sustentáveis são importantes para o processo. Além disso, deve-se pensar em como a casa se comportará nos anos seguintes.

Uma das opções para construções é o tijolo ecológico, que utiliza um sistema de produção mais sustentável ainda na fábrica e permite várias vantagens para o usuário, como o isolamento térmico e acústico, além de obras mais limpas.

José Humberto Trivisan, proprietário da Eco Produção Tijolos Ecológicos, empresa de Curitiba, explica a produção dos tijolos ecológicos, diferente dos convencionais. “O processo inicia com a peneiração da terra. Em seguida, é feito a mistura do solo, cimento e água no misturador. Depois de pronta, a mistura segue para a prensa hidráulica. São 6 toneladas de pressão que transformam a massa em tijolos ecológicos. Na sequência, os tijolos passam pelo processo de hidrocura, ou seja, são curados com água durante quatro dias até adquirirem a resistência adequada”. Assim, o material não é cozido em fornos, deixando de utilizar lenha e de emitir gases do efeito estufa.

Veja as vantagens da troca do tijolo convencional pelo tijolo ecológico:

Modelos de tijolos são feitos para diferentes partes da obra (Foto: Divulgação/ Eco Produções).

1. Diminuição do tempo de construção (devido aos encaixes, que favorecem o alinhamento e prumo da parede);
2. Estrutura mais segura: como as colunas são embutidas nos furos, a carga de peso é melhor distribuída;
3. Redução no uso de madeiras nas caixarias dos pilares e vigas;
4. Economia de 70% do concreto e argamassa de assentamento e de 50% de ferro;
5. Maior durabilidade, podendo ser até seis vezes mais resistente que os convencionais;
6. Fácil acabamento, já que pode ser utilizado apenas com um impermeabilizante, podendo dispensar o uso de tintas e outros acabamentos. O assentamento dos azulejos também pode ser feito diretamente sobre os tijolos;
7. Isolamento térmico e acústico, gerados pelos furos no meio dos tijolos, que formam câmaras de ar;
8. Instalações hidráulicas e elétricas podem ser realizadas através dos furos.

Além dessas características, José utiliza na Eco Produções a mão de obra de detentos da penitenciária de Piraquara, região metropolitana de Curitiba.