Para a construção principalmente de peças externas, a madeira plástica pode ser ums alternativa que exige menos manutenção. O material evita a proliferação de cupins, a umidade e outros danos causados pela exposição do sol, recorrentes com a madeira comum. Além disso, nem sempre as maneiras desejadas são certificadas ou com origem adequada e, como o material plástico imita o aspecto de diversas árvores, pode ser uma alternativa inclusive na decoração.

A Ecowood Rio, por exemplo, utiliza o material principalmente para a construção de decks. Porém, segundo Rodolfo Queiroga, diretor da empresa, a madeira plástica é indicada principalmente para locais externos ou com contato com a úmidade. Rodolfo também explica que boa parte do processo de produção do material é sustentável.

Modelo de aplicação da madeira plástica da Ecowood Rio (foto: divulgação).

“A produção na Ecowood Rio é um processo de reciclagem, pois nossos insumos são, em sua maior parte, aparas plásticas vindas diretamente da indústria. Exceto por alguns aditivos que temos que misturar aos plásticos para protegê-los da degradação (anti UV, antioxidante, etc), as matérias primas utilizadas na fabricação da madeira plástica são recicladas. Além disso, nossa produção não gera resíduos, pois as sobras do processo são inseridas novamente na cadeira produtiva”, fala Rodolfo.

Modelos mostram cores possíveis da madeira plástica (foto: divulgação).

A única manutenção que esse material exige é a lavagem com água e sabão, não necessitando de verniz ou outros materiais. A garantia do material é de cinco anos, apesar de ainda ter uma validade indeterminada. Rodolfo diz que a empresa ainda realiza testes de envelhecimento acelerado para determinar uma possível durabilidade esperada do produto.

Para a paisagista Marisa Lima, que utiliza o material em seus projetos, os clientes aprovam a escolha justamente pela fácil manutenção. “A instalação é muito simples e fácil, que é uma das prioridades na escolha de um revestimento para um projeto, junto com a qualidade e durabilidade do material”, comenta.

Ainda pensando na sustentabilidade do produto, os clientes que decidirem trocar o material podem levar as madeiras plásticas já usadas novamente para a empresa, já que elas podem ser utilizadas para a produção de novas peças. O preço do produto é equivalente ao da madeira e é possível encomendar uma cor exclusiva. Veja mais informações no site da Ecowood Rio.