Para dar uma nova utilidade a uma estação de metro inutilizada em Nova York, o arquiteto James Ramsey criou um projeto de criação de um jardim subterrâneo, que poderá ser usado pela população como se fosse um parque.

A estação abandonada fico no Lower East Side e usará a luz solar para iluminar as plantas. Os raios solares serão captados na superfície e transmitidos em cabos de fibras óticas, filtrando as luzes ultravioleta e infravermelha nocivas, e mantendo os comprimentos de onda utilizada na fotossíntese. Utilizando ainda um sistema de irrigação quando necessário, as plantas vão poder se desenvolver de maneira adequada.

Imagem mostra como o jardim será, inclusive a parte de iluminação (Imagem retirada do site do projeto. Clique para ampliar).

A ideia é de James Ramsey, antigo engenheiro de satélites que atualmente trabalha com arquitetura. Ele contou com o apóio de Dan Barash e R. Boykin (que doou o dinheiro necessário). Juntos apresentaram o projeto para a Autoridade de Transporte Metropolitana (MTA), que controla o espaço. A entidade aceitou a ideia, mas não vai contribuir com dinheiro.

Mais informações no site do projeto (em inglês).