E se seu casamento pudesse ser mais sustentável? Durante o dia, utilizando a luz solar na iluminação, separando o lixo para destinação correta (reciclagem ou compostagem), água aquecida com placas de energia solar e com flores da estação cultivadas no próprio espaço.

Essa é a proposta oferecida pela Lajedo, uma casa de festas de Vargem Pequena, no Rio de Janeiro.

“A idéia de ser mais sustentável surgiu com o aumento do numero de casamentos e a observação de tudo que envolvia a produção de eventos. Toda semana era um entra e sai de caminhão com móveis, flores, etc. Os moveis muitas vezes não estavam em bom estado de conservação, eram transportados por longas distâncias (muita emissão de CO2) e havia muito desperdício de flores, que iam para o lixo mal acabava o evento”, explica Isabel Medeiros, uma das donas da empresa.

Um dos exemplos usados na empresa é usar arranjos florais em vasos, que permite que sejam usados mais vezes sem danos para as plantas. A empresa quer ainda ampliar a variedade de flores disponíveis.

“Não encontramos dificuldades em mudar. Basta investimento, boa vontade e aguardar os resultados. A dificuldade maior é dos clientes, que procuram muito o modelo já estabelecido”, comenta Isabel.

Para mais informações, visite o site da Lajedo.

Câmera de resíduos orgânicos, resíduos recicláveis e composteiras: serviços são oferecidos pela lajedo para a elaboração de festas de casamento.