Em 1997, os americanos George Johnson e Jay Shafer iniciaram a Small House Society (Sociedade das Casas Pequenas), para incentivar um modelo de vida com moradias menores. A intenção é que as pessoas reflitam sobre o tamanho de suas casas, além da necessidade de tantos cômodos e objetos.

A dupla mostrou que, principalmente para quem mora sozinho, ambientes menores são mais vantajosos: são mais baratos e tem menos manutenção. Além disso, espaços menores fazem com que as pessoas adquiram menos objetos (principalmente os desnecessários). Outro argumento ainda é que esse modelo de construção faz com que você economize dinheiro, que pode ser usado para outros fins.

Para quem se interessar, qualquer arquiteto é apto para construir um modelo assim, mas é importante que você reflita sobre suas necessidades principais e passe essas informações para o profissional. Um espaço bem planejado faz com que, mesmo que pequena, a casa seja suficiente para as suas necessidades.

Abaixo, veja um vídeo em que George Johnson fala mais sobre o modelo de moradia:

Você pode ver mais informações no site da Small House Society ou no Facebook do movimento.