Se alimentar com produtos da estação pode sim ser mais sustentável, já que eles precisam de menos recursos e agrotóxicos para crescerem em sua época certa. Fora da safra, os alimentos precisam de fertilizantes e adubos químicos para se desenvolver.

Outra vantagem é a relação das frutas com a necessidade de alimentação. As frutas do verão, por exemplo, são mais suculentas, fornecendo a hidratação necessária para o corpo humano nessa época do ano.

Em época de calor, outro cuidado necessário é o armazenamento das frutas e legumes. O ideal é que fiquem em geladeiras, em saquinhos plásticos transparentes. Na hora de escolher as frutas, pense em quando serão consumidas: se for no mesmo dia, pode escolher um produto um pouco mais maduro. Mas, se os alimentos só forem ser consumidos em algum tempo, opte por itens mais verdes.

Veja abaixo a lista de frutas e legumes do verão e como escolher no mercado:

UVA: os frutos devem estar bem presos ao caule: quando ficam maduras, começam a soltar.

MELANCIA: a casca deve estar firme. Para saber se está madura, bata levemente com os nós dos dedos: você deve ouvir um som oco.

MARACUJÁ: opte por aqueles sem machucados na casca.

MANGA: deve estar firme e sem manchas escuras.

FIGO: deve estar macios na hora da compra.

ABOBRINHA: a casa deve estar lisa e sem manchas escuras.

MILHO VERDE: as folhas devem estar bem verdes.

PEPINO: opte por aqueles com casca mais escura.

VAGEM: devem estar brilhantes e quebradiças. Evite as murchas, moles ou com manchas escuras.

Já o site Culinária Online mostras diversas dicas de como congelar frutas do verão para aproveitar em outros momentos do ano. Veja aqui.