A Prefeitura de São Paulo autorizou a instalação de um sistema de aluguel de bicicletas para a cidade. Dentro de 30 dias, os bancos interessados (Itaú e Bradesco) irão apresentar as propostas para colocar 3 mil bicicletas em circulação nas ruas. O modelo não terá custo nenhum para o município e o usuário poderá usar as bicicletas gratuitamente na primeira hora de pedalada. Horas adicionais custarão R$5 cada.

O interesse dos bancos no sistema é explorar o modelo comercialmente, para publicidade veiculada com placas nas bicicletas. A criação dos bicicletários nos postos de aluguel também serão responsabilidade do banco escolhido para realizar o projeto.

Um modelo semelhante, também patrocinado pelo banco Itaú, foi lançado em 2010 no Rio de Janeiro.

Veja mais informações aqui.