Uma empresa italiana desenvolveu uma nova maneira de captar a energia eólica: usando pipas, que voam a mais de 1000 metros de altitude.

Segundo a empresa Kitegen, os movimentos dessas pipas serão controlados por um computador que calcula o melhor ângulo e posição para captar os ventos mais fortes. Quando o vento leva a pipa de um lugar para o outro, a estrutura do sistema (que fica no chão) é rotacionada, e transforma a energia motora em energia elétrica.

Segundo os cálculos, uma pipa do novo modelo deve ser capaz de gerar a mesma energia produzida 150 turbinas eólicas.