Depois de se destacar na universidade, o estudante de Engenharia Ambiental Gabriel Estevam Domingos, de Cubatão (SP), resolveu abrir uma empresa e oferecer produtos mais sustentáveis para o mercado.

Gabriel termina a faculdade de Engenharia Ambiental no próximo ano e prentede continuar com a carreira de pesquisador.

Inventor desde criança, Gabriel percebeu que seus projetos eram viáveis comercialmente quando eles alinhavam todos os aspectos da sustentabilidade – ou seja, ser ecologicamente corretos, socialmente justos e economicamente viáveis. “Além disso, busco sempre criar soluções para problemas que já viraram questões de sobrevivência, como o tratamento e reutilização de resíduos”, diz Gabriel.

A GED Inovação, Engenharia e Tecnologia já produz vários produtos, entre eles a Ecotinta, que utiliza resíduos provenientes do tratamento de água para produção de tintas.

“Tal invenção, que reutiliza e agrega valor ao resíduo, possui também características como baixo custo e alta qualidade compatível com as tintas convencionais”, explica Gabriel.

Fora as Ecotintas, Gabriel também desenvolveu um sistema de tratamento de água, ração para cães e gatos e um sistema de tratamento de resíduos orgânicos orgânicos (que como resultado cria fertilizantes). Além disso, Gabriel também recebeu prêmios com vários projetos.

Quando terminar a faculdade, Gabriel pretende continuar com projetos sustentáveis. “Almejo continuar com a carreira de pesquisador/inventor e empreendedor, em que quero atuar de forma significativa no Centro de Pesquisas Ambientais, que está sendo criado em Cubatão pelo poder público em parceria com a iniciativa privada (Ecovias), para colocar em prática grandes ideias que podem alavancar o fomento e cultura pela sustentabilidade, inovação e ciência em jovens como eu. Afinal, acredito que essa também pode ser minha parcela de contribuição para um mundo melhor”.

Para ver todos os projetos e prêmios da empresa, entre no site da GED.

Resíduos de tratamentos de água de indústrias viram tintas.