O Brasil é o quarto país que mais ergue construções sustentáveis no mundo, além de ser o primeiro país latino-americano a requerer um certificado LEED (Leadership in Energy and Environmental Design). A estimativa é que São Paulo e Rio de Janeiro tenham 37% dos seus prédios construídos de maneira sustentável até 2013, segundo dados da Cushman & Wakefield. O número de prédios com certificação LEED cresceu de 51 para 61 entre abril e junho desse ano, e as construções em processo de certificação passaram de 474 para 497 no mesmo período.

Para abordar esse crescimento e ajudar em melhoras no setor, a 3ª edição do Greenbuilding Brasil – Conferência Internacional & Expo, que acontece entre os dias 11 e 13 de setembro de 2012 no Transamérica Expo Center, em São Paulo, mostrará para os participantes diversos produtos e serviços inovadores para a construção mais sustentável.

Um dos exemplos é a BASF, tradicional participante da Greenbuilding. Além da exibição de seus produtos e serviços dentro da feira, a empresa de materiais e produtos químicos apresentará o projeto da sua primeira casa de eficiência energética no país, a CasaE. Em um mundo que prevê nove bilhões de habitantes em 2050, com 75% dessa população em centros urbanos, torna-se vital a criação de modelos de habitação que agridam menos e sejam mais integrados ao funcionamento das cidades. A casa, que integra o roteiro de visitas técnicas oferecidas pelo evento, estará localizada na Av. Vicente Rao (zona sul de São Paulo), e reunirá em um único espaço, tecnologias que atendem às demandas globais avaliadas pela BASF como grandes desafios para os próximos anos, e servirão como norte em inovação e sustentabilidade, segundo a empresa.

Outros temas abordados nos três disa de palestras são arquitetura sustentável, eficiência energética, qualidade ambiental interna e uso racional da água.