Segundo um estudo da Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância), até 2015 605 milhões de pessoas continuarão a não ter acesso a água potável. Uma possível consequência disso seria uma mudança nos hábitos alimentares.

Já que é necessário o uso de muita água para a criação de animais para abate, segundo o relatório as pessoas podão diminuir o consumo de carne e optar por vegetais.

“Alimentando um mundo sedento: Desafios e Oportunidades para a Segurança Hídrica e Alimentar” mostra, por exemplo, que uma dieta vegetariana poupa de cinco a dez vezes o consumo de carne em relação a dietas com carnes.

No infográfico abaixo, a ONG de proteção de animais PETA explica o ciclo de vida de animais em fazendas de abate:

The Life of a Cow – An infographic by the team at PETA