A Feito Brasil, marca de cosméticos artesanais e sustentáveis, lança a linha “Essência Musical”, trazendo referência a diversos momentos da música brasileira, como a Bossa Nova e o Samba. A linha é composta de hidratantes corporais e diversos tipos de sabonetes.

Os produtos são feitos com o processo de fabricação a frio. “No processo de emulsão a frio, a produção é realizada em temperatura ambiente, ou seja, não há o desperdício de energia e água para aquecimento de caldeiras, o que o torna ecologicamente melhor”, explica Andreia Sanfelice, farmacêutica responsável da Feito Brasil.

Linha "Essência Musical completa": Hidratante Corporal, Sabonete Líquido para Mãos, Sabonete Líquido Corporal, Sabonetes em Barra e Águas Perfumadas.

As características sustentáveis dos produtos, além do processo de fabricação diferenciado, é o uso de matérias-primas vegetais certificadas. Ainda, as embalagens são recicláveis e o processo de envase e rotulagem são manuais, que segundo Andreia evita o desperdício de energia com maquinários. A colação “Essência Musical” traz vários ativos naturais na sua composição, como óleo de semente de manga, extrato da flor de calêndula, óleo de algodão, aloe vera e extrato de chá branco.

Andreia explica ainda a política da marca Feito Brasil em relação aos testes realizados: “Em relação aos testes realizados em produtos cosméticos, depende muito do tipo de produto e estudo desejado. Quando não se realizam testes em animais, os mesmos são feitos em humanos (testes clínicos) ou por meio de metodologias científicas (in vitro – como, por exemplo, a permeação cutânea). Há uma série de fatores a serem levados em consideração na escolha do tipo de teste a ser realizado. Por exemplo, para a avaliação de potencial irritante com um produto com risco desconhecido, primeiramente faz-se análise com métodos in vitro, seguindo teste clínico. Para produtos com ausência presumida de risco, apenas teste clínico. Ou seja, as avaliações são aplicadas caso a caso. Em relação aos produtos da Feito Brasil, os mesmos são testados em humanos, pois são realizados testes que avaliam a ausência de potencial irritante alergênico, a fim de oferecer uma maior segurança e menor risco, garantindo as melhores condições de uso do produto”.