A Fast Company, uma revista dos EUA, listou as 10 cidades mais inteligentes do mundo, considerando diversos rankings, informações e pesquisas anteriores para montar o conceito de “inteligência urbana”. Essas são cidades que buscam soluções para seus espaços e constroem uma melhor qualidade de vida para a população.

Veja abaixo:

1. Viena, Áustria.


A cidade se destaca por ter boas características em diversas categorias, como inovação, cidade verde, qualidade de vida e governança digital.

2. Toronto, Canadá.

É uma cidade que aparece em diversos rankings de qualidade de vida e sustentabilidade, além de ser importante economicamente. A cidade está ainda em um momento de transição para uma economia de baixo carbono.

3. Paris, França.


Também aparece em diversas categorias, como cidade verde, inovaço e governança digital. Além disso, tem programas de compartilhamento de bicicleta (Velib) e veículos elétricos (Autolib).

4. Nova York, EUA.

A cidade se posiciona muito bem em diversas categorias, mas deixa muito a desejar em qualidade de vida.

5. Londres, Reino Unido.


Tem como destaque as inovações sustentáveis, a baixa taxa de congestionamento e o grande sistema de transporte público. Apresentou ainda a maior rede wi-fi de internet gratuita na Europa.

6. Tóquio, Japão.

Está bem posicionada nas categorias inovação e digital. Apresentou um programa para maior sustentabilidade dos subúrbios, em parceria com a Panasonic, Accenture e Tokyo Gas.

7. Berlim, Alemanha.


Destaque em inovação, cidade verde e qualidade de vida.

8. Copenhague, Dinamarca.

Se destaca pela mobilidade urbana e a inovação sustentável, e é considerada em muitas pesquisas a cidade mais verde e sustentável da Europa.

9. Hong Kong, China.


Traz uma boa posição em governança digital e inovação, mas não equilibra esses aspectos com a qualidade de vida da população.

10.Barcelona, Espanha.


Apresenta projetos importantes para veículos elétricos e inovação.

Para mais informações, veja o texto completo de Boyd Cohen (em inglês).