O zoológico da cidade de Adelaide, na Austrália, foi reformado e ganhou paredes verdes, telhados ecológicos e uma nova área de pesquisa.

Assim, o telhado verde, por exemplo, foi projetado para, além de conter plantas nativas, incentivar a vida selvagem de pequenos animais nativos da região, fortalecendo características locais. Além disso, foi montada um espaço para a plantação dos alimentos que serão consumidos pelos animais do local. Busca-se também respeitar a sazonalidade das plantas.

Outra preocupação da construção foi a gestão da água. Tanques capazes de armazenar 160,000 litros de água da chuva foram instalados, e, depois de filtrada, a água é usada para regar as plantas.

O estúdio de arquitetura responsável pelo projeto foi o Hassell.