Um relatório divulgado pela Teeb (Economia dos Ecossistemas e Biodiversidade em inglês) em parceria com o Programa da ONU para o Meio Ambiente (Pnuma), colocou na ponta do lápis qual é o valor do impacto negativo ao meio ambiente. O resultado chega a R$9 trilhões para os 100 principais fatores negativos, em apenas um ano.

Entre os principais fatores estão os custos da emissão de gases do efeito estufa, perda de recursos naturais e de “serviços” realizados pela natureza, como armazenamento de carbono pelas florestas, mudanças climáticas e custos da saúde relacionados à poluição do ar.

Veja o relatório completo: http://www.teebweb.org/multi-trillion-dollar-natural-capital-risk-underlining-urgency-of-green-economy-transition/