Uma  nova franquia do McDonald’s de Singapura ganhou um telhado verde para se integrar ao ambiente natural do parque que o circunda, além de também devolver o espaço verde que foi perdido quando o restaurante foi construído.

(Foto: OngOng Design)

Projetada pela OngOng, a estrutura possui a forma de cogumelo para facilitar a drenagem do excesso de água da chuva. Além de melhorar a estética, o ecotelhado age como isolante térmico, mantendo a temperatura sempre agradável no interior e ainda reduz o consumo de energia.

Alguns toques de design colocam a natureza no centro da experiência no local, como o layout mais fluído e orgânico da área de alimentação e o espesso exército de árvores de bambu que contornam o acesso ao banheiro.

O projeto do McDonald´s em Singapura segue uma tendência mundial. Cada vez mais, os ecotelhados ou telhados verdes ganham adeptos. Países como Alemanha e Suíça já exigem que parte dos edifícios novos tenham coberturas vegetais.

Nos Estados Unidos, a prática de jardinagem dá vez ao cultivo agrícola no topo dos prédios. De Manhattan ao Brooklyn, as hortas verticais se multiplicam, produzindo vegetais, frutas e hortaliças. (via Vanessa Barbosa para Exame)