O novo bairro urbano de Bainbridge Island (Washington) não é o primeiro a ter casas sustentáveis, jardins comunitários, compartilhamento de carros e outros atributos eco, mas é o primeiro a ter tudo isso desde o seu projeto.

Cada lar, desde apartamentos até moradias familiares, pode funcionar 100% com energia solar. Tapumes de madeira vêm de florestas locais manejadas de forma sustentável. O local foi cuidadosamente escolhido a uma distância de uma pequena caminhada ou passeio de bicicleta da balsa de Seattle ou das lojas. Os moradores terão acesso às bicicletas comunitárias e uma frota de carros compartilhados – o primeiro carro será um Nissan Leaf, que se conecta a seu próprio painel solar dedicado.

As casas estão cercadas por hortas comunitárias e árvores frutíferas, e os moradores também terão a chance de participar de uma fazenda nas redondezas.

O projeto também tem como objetivo ajudar os vizinhos realmente se encontrarem. O local é dividido em “microhoods”, que são agrupadas em torno de um pátio comum, e cada casa do grupo está ligada por uma série de vias. Ninguém pode dirigir até sua casa, pois o estacionamento é propositalmente longe para que as pessoas caminhem ou corram (podendo interagir com a vizinhança).

Neste momento, o desenvolvimento está terminando, no qual 22 das 24 casas familiares estão em andamento ou concluídas. Em breve será a vez de dois pequenos prédios para dar espaço aos apartamentos. Oito casas estão ocupadas. Os novos residentes incluem o arquiteto do projeto e sua própria família.