Programa Ecomudança ultrapassa a marca de 250 inscrições

 

A edição 2017 do Programa Ecomudança, realizado pelo Itaú Unibanco em parceria com o Instituto Ekos, ultrapassou a marca de 250 inscrições. Comparado ao mesmo período do ano passado, o número é seis vezes maior. As inscrições começaram no dia 30 de janeiro e seguem até 27 de março.

Até o momento, os Estados de São Paulo e Bahia concentram 16% dos projetos inscritos, seguidos por Minas Gerais (13%), Pará (8%) e Ceará (7%). As categorias mais selecionadas são Manejo de resíduos (37%), Agricultura (28%), Floresta (12,4%) e Energia Renovável (11%).

A iniciativa prevê a destinação de até R$ 100 mil por projeto selecionado. O valor do apoio financeiro vem dos fundos de renda fixa Ecomudança Itaú, que destina 30% das taxas de administração ao programa.

Desde a sua criação em 2009, o Programa já contribuiu para a redução de aproximadamente 22.000 t/CO2 de Gases do Efeito Estufa (GEE) na atmosfera, e investiu cerca de R$ 5,3 milhões em um total de 46 projetos, em 19 estados do Brasil.

O Ecomudança estimula e fomenta projetos de redução de emissão de gases de efeito estufa, incluindo iniciativas relacionadas à eficiência energética, energia renovável, manejo de resíduos, florestas, agricultura sustentável e mobilidade, e projetos de redução de pegada hídrica, como construção de cisternas ou dessalinizadores em áreas críticas e tratamento de efluentes.

Para saber mais-  goo.gl/astQhn e assista ao vídeo aqui.