Um dia desses fui olhar no dicionário qual era o significado de SUSTENTABILIDADE e encontrei: “(sustentável+i+dade) Qualidade de sustentável”. Procurei portanto, a palavra SUSTENTÁVEL, e lá estava: “(sustentar+vel) Que pode ser sustentado”. Fui então ver a palavra SUSTENTAR e ele apresentava simplesmente 22 definições diferentes. Uau! Pois é, assim como muitas coisas que fazem parte de nossa existência, não existe uma única e absoluta verdade para responder ao questionamento feito no título, principalmente neste universo dinâmico onde nosso planeta está em constante movimento e transformação.

Algumas palavras similares são usadas quando tratamos deste assunto, geralmente “sustentabilidade” tem o foco nos ecossistemas (deixando de lado o ser humano), enquanto “desenvolvimento sustentável” considera mais as ações e intervenções humanas. Atualmente um termo que está sendo bastante utilizado e considerado mais correto é “desenvolvimento para a sustentabilidade“. Na verdade, de acordo com as mudanças no mundo e a compreensão da sociedade sobre como as coisas funcionam, as terminologias podem mudar de tempos em tempos. Acredito que é muito bom estar antenado e saber o que e como estão falando por aí, mas com certeza o mais importante é, considerar o contexto no qual se está inserido, e conseguir se fazer entender.

A definição original para “desenvolvimento sustentável” é: aquilo que atende às necessidades do presente sem comprometer a possibilidade das gerações futuras suprirem às suas próprias necessidades. Este conceito foi proposto pela Organização das Nações Unidas (ONU) através de sua Comissão Mundial sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento quando publicou o Relatório Brundtland em 1987. Na verdade o nome deste documento é Nosso Futuro Comum (Our Common Future) e resultou do trabalho da Comissão presidida pela ex-primeira ministra da Noruega, Gro Harlem Brundtland, com o ex-Ministro das Relações Exteriores do Sudão, Mansour Khalid, como vice-presidente. Ao todo foram membros de 21 governos que participaram, inclusive o Professor Paulo Nogueira Neto Paulo representando o Brasil.

Ser sustentável não é uma tarefa fácil, seja pra quem for, independente de “onde”e “como”. Acho que podemos concordar que o fato de nós existirmos já causa impacto no ambiente, e o que podemos e precisamos fazer é conseguir minimizar este impacto da melhor forma, certo? Isso serve para cada um de nós, indivíduos, pessoas físicas, cidadãos, e serve também para os governos, organizações e empresas. Mas tem que ser um sentimento verdadeiro, uma vontade real, uma atitude orgânica, sabe aquela coisa que flui naturalmente? É isso. Fazer algo só porque os outros estão cobrando, ou só para aparentar ser “sustentavelzinho” não adianta nada. E a sustentabilidade representa um desafio mundial, pois ela deve ser economicamente viável, socialmente justa, culturalmente aceita e ecologicamente correta. Bonitas palavras, que na prática, dão um enorme trabalho para acontecer da forma certa. Temos um longo caminho pela frente e todos podem e precisam colaborar.

Lembra que eu disse que busquei a definição sobre sustentabilidade? Que tal se você fizer a mesma coisa? Dá uma olhada no significado da palavra SUSTENTAR, veja quantas definições aparecem no seu dicionário. E por que será que essa grande variação existe? E qual a importância da sustentabilidade pra nossa vida? Vale gastar um tempinho pra pensar nisso, refletir, viajar nas ideias, aproveitando para observar o mundo que está ao nosso redor.

Quando eu trabalho o tema “sustentabilidade” com a criançada, costumo dizer que “sustentabilidade é saber cuidar e saber usar”…, “saber usar e saber cuidar”…, “saber cuidar e saber usar”…

Fuçando na internet achei um blog que publicou frases de pessoas que responderam à pergunta “O que é sustentabilidade pra você?” e lá encontrei a melhor definição que já vi até hoje: “Sustentabilidade pra mim é construir sem destruir” (Edney Souza). Não sei quem é este cidadão, não o conheço, mas deixo aqui os meus parabéns pela sua resposta. Espero que ele busque sempre esta prática, e espero também que suas palavras sejam inspiradoras para que cada vez mais a sustentabilidade seja uma realidade, e que a vontade e a força pra isso esteja dentro de cada um de nós!

Ótimo final de semana pra todos!  Um abraço do Rex.
Livre Pensador, Cidadão Socioambiental, Andarilho, Biker e Terráqueo.