Programa Ecotorcedor promove sustentabilidade no campeonato paulista de futebol

O Programa Ecotorcedor, que conta com o apoio institucional da Federação Paulista de Futebol e o patrocínio da Tetra Pak, levará a sustentabilidade aos estádios durante o Campeonato Paulista Série A1 2013. 

A iniciativa da Manager Esportes, Netcommerce e WIdeias prevê a distribuição de 100 mil cartilhas educativas e visa engajar torcedores dos 20 clubes que disputam o título em uma sequência de atividades relacionadas à cidadania e meio ambiente. 

As ações acontecem já na primeira rodada do campeonato, no jogo entre Paulista F.C. e S.C. Corinthians Paulista, no estádio Dr. Jayme Cintra, em Jundiaí, no dia 20 de janeiro. Até a 19ª rodada, no dia 21 de abril, serão desenvolvidas diversas ativações em 17 cidades-sedes. A expectativa é que os torcedores levem embalagens recicláveis para os “ecopontos”, que serão instalados nos estádios em diversos jogos do Campeonato Paulista. 

O Programa Ecotorcedor – Futebol Paulista Sustentável será anunciado ao público a partir do dia 18 de janeiro, e a interação com os participantes será realizada por meio do aplicativo Ecotorcedor, disponível na Fan Page do projeto na rede social Facebook, onde os interessados poderão se cadastrar, acumular pontos e concorrer a prêmios ao participar das ações práticas e virtuais.

O que estamos propondo é um trabalho de conscientização e participação proativa da sociedade paulista nas questões de sustentabilidade através de uma grande paixão, que é o futebol”, afirma Lívio Giosa, Coordenador geral do IRES – Instituto ADVB de Responsabilidade Socioambiental, entidade apoiadora do projeto.

De acordo com Eduardo Eisler,Vice-presidente de Estratégia de Negócios da Tetra Pak, o esporte é um meio eficaz para promover a educação para a cidadania.

 

“Aliando a sustentabilidade ao futebol, esperamos reforçar a mensagem da reciclagem e da coleta seletiva, e assim mobilizar as pessoas por esta importante causa”, completa Eduardo.

O Programa Ecotorcedor – Futebol Paulista Sustentável tem ainda o apoio das Secretarias de Estado de Esporte, Lazer e Juventude; da Secretaria de Esportes, Lazer e Recreação do Município de São Paulo; do Grupo ATK, do IRES – Instituto ADVB de Responsabilidade Socioambiental e do Museu do Futebol.

Ações práticas

·       Coleta de resíduos sólidos - Entre as principais contribuições do Programa Ecotorcedor – Futebol Paulista Sustentável está a instalação de Ecopontos para a coleta de resíduos nos estádios em um dos jogos de cada rodada do primeiro turno do Campeonato Paulista de Futebol Série A1 2013, que acontece de 20 de janeiro a 21 de abril, em 17 cidades-sede, num total de 19 rodadas.   A entrega de resíduos valerá pontos para os torcedores, para os clubes e para as prefeituras, e o material será destinado à reciclagem por meio das cooperativas e catadores regionais. 

·        Distribuição de cartilhas Nos Ecopontos haverá a distribuição de cartilhas educativas, que têm o objetivo de sensibilizar os torcedores sobre práticas sustentáveis. Entre todas as cidades-sedes do Campeonato Paulista de Futebol serão distribuídas cerca de 100 mil exemplares da publicação.

·       Plantio de bosques urbanos Outra grande iniciativa do projeto será o incentivo ao plantio de bosques urbanos em áreas especialmente identificadas nas respectivas cidades-sede. 

      Cada município terá a responsabilidade de plantar árvores para iniciar seu bosque junto aos torcedores, que poderão acumular pontos ao participar do “Dia do Plantio”. Além do trabalho de conscientização junto às torcidas, esta ação tem o objetivo de compensar o COemitido para realizar a competição e deixar em cada cidade um legado ambiental.

·    Doação de roupas, alimentos e brinquedos A Prefeitura e os clubes serão incentivados a promover a arrecadação de roupas, alimentos não perecíveis e brinquedos para distribuição às instituições e entidades de assistência social locais. A entrega destes recursos no “Dia das Doações“ também valerá pontos para o Programa Ecotorcedor – Futebol Paulista Sustentável.

   Fanáticos Os 32 torcedores que comprovadamente tiverem maior assiduidade nos jogos do primeiro turno participarão de uma tarde de jogos festivos em um dos estádios oficiais do Campeonato Paulista 2013, além de receber prêmios e uniformes estilizados de acordo com seu time de coração.

Ações virtuais

·         Seleção Sustentável Os onze torcedores que mais acumularem pontos nas ações do programa formarão a Seleção Sustentável e serão premiados com tablet, smartphone, TV, vídeo game, notebook, kit ecotorcedor e bicicletas. Receberão também troféu e medalhas Tetra Pak, compostos de material reciclado.

·       Escola Sustentável Adolescentes a partir dos treze anos de idade poderão participar livremente do Programa Ecotorcedor – Futebol Paulista Sustentável, e serão estimulados através de campanhas nas redes de ensino a produzir vídeos sobre sustentabilidade

       Os dez vídeos postados na Fan Page do programa que forem mais “curtidos” serão premiados, após análise da comissão julgadora, com kits dos patrocinadores e camisas oficiais dos clubes.        

Ecopa - Os dezesseis primeiros colocados das seis torcidas que mais pontuarem no ranking geral do programa representarão o seu time do coração na Ecopa - torneio a ser realizado em um dos estádios oficiais do Campeonato Paulista, onde receberão uniformes estilizados do seu time do coração e kits com produtos dos patrocinadores.

Também participam da Ecopa duas equipes classificadas através do aplicativo “Meu Estádio”, que estará disponível na Fan Page do programa.

·         Bolão Ecotorcedor - Os torcedores poderão acumular pontos e ganhar brindes exclusivos a cada rodada do campeonato ao arriscar palpites sobre os resultados dos jogos através do aplicativo “Bolão Ecotorcedor”, a ser acessado a partir da Fan Page do programa Ecotorcedor – Futebol Paulista Sustentável.

·         Quiz Ecotorcedor - Através deste aplicativo, que também estará disponível na Fan Page do programa, o ecotorcedor deve responder a questões sobre a história do Campeonato Paulista, sustentabilidade e meio ambiente, valendo pontos para a classificação geral e participação no sorteio de brindes exclusivos.

Informações adicionais Sobre a Manager Esportes 

Fundada em 2010, a empresa atua no ramo de marketing esportivo. Entre suas atividades estão a terceirização da gestão do futebol de clubes profissionais, marketing esportivo para clubes, confederações e atletas, captação de patrocínios, eventos esportivos, gerenciamento de carreiras para atletas profissionais, criação e gestão de projetos com captação pelas leis de incentivo ao esporte. www.manageresportes.com.br

Sobre a Netcommerce Marketing e Eventos 

Atua na criação, viabilização, promoção e execução de projetos ligados a marketing e eventos especiais, aliando o desenvolvimento corporativo a estratégias fomentadoras de nichos específicos e agregando valores tangíveis e intangíveis à marca, produtos e serviços de seus clientes. www.netcommercemkt.com.br

Sobre a WIdeais 

A WIdeias é uma agência digital especializada no desenvolvimento de soluções personalizadas e integradas de comunicação eletrônica através de plataformas como websites, hotsites, redes sociais e aplicativos, entre outras ferramentas. www.wideias.com.br

Sobre a FPF – Federação Paulista de Futebol

A Federação Paulista de Futebol é a entidade máxima do futebol no Estado de São Paulo. Organiza todos os torneios oficiais que envolvem as equipes do Estado, como o Campeonato Paulista, a Copa São Paulo de Juniores (principal competição da categoria no país) e a Copa Paulista de Futebol. A Federação responde à Conferederação Brasileira de Futebol (CBF). www.fpf.org.br

 Sobre a Tetra Pak

A Tetra Pak é líder mundial em soluções para processamento e envase de alimentos. Atuando próximo aos clientes e fornecedores, oferece produtos seguros, inovadores e ambientalmente corretos, que a cada dia satisfazem as necessidades de centenas de milhões de pessoas em mais de 170 países ao redor do mundo. Com quase 22.000 funcionários em mais de 85 países, a Tetra Pak acredita na liderança da indústria responsável e em uma abordagem sustentável dos negócios. O nosso slogan “PROTEGE O QUE É BOM” reflete nossa visão de tornar o alimento seguro e disponível, em qualquer lugar.  Mais informações sobre a Tetra Pak estão disponíveis no www.tetrapak.com.br.

SERVIÇO

Programa Ecotorcedor – Futebol Paulista Sustentável

Início: 17 de janeiro de 2013, às 14h00

Término: 20 de maio de 2013, às 23h59

Informações e critérios de participação: www.ecotorcedor.com.br

Cadastramento: www.facebook.com/Ecotorcedo

Se você é um torcedor aqui em SP, se cadastre e acumule seus pontos. e se junte ao nosso time da sustentabilidade.

Parabéns pelo Programa Tetra Pak e parceiros! Com certeza haverá uma grande sensibilização sobre assuntos ambientais!

Obrigada pelo convite, infelizmente não pude ir, mas estou acompanhando e Ecotorcendo pelo Programa.

Sucesso!

Érica Sena

 


 

 

 

 

Ufa! Passamos por mais um dia onde falavam em fim do mundo. Desde criança tinha medo de chegar ao ano 2000 e confesso que já tive medo em chegar ao dia de hoje, mas isso foi antes de aprender que o que aconteceria no dia 21/12/12 seria um grande presente divino, a entrada em uma nova Era. Era essa chamada de, Cristal, mostrando a importância da transparência, de nos apresentarmos como somos, sem máscaras.

Nessa nova Era inicia-se um ciclo da reconciliação, isto é: unificar semelhanças e diminuir diferenças e também de voltar-se ao Planeta Terra.  Gaia, a mãe Terra, convoca a todos a viverem em harmonia com seus irmãos e com os elementos da natureza.

Mas, voltando este assunto para área ambiental, o ser humano tem que ser intimado a acordar e mudar suas atitudes insustentáveis aos dias de hoje. O consumismo exagerado, exaurindo os recursos naturais, e o uso de combustíveis fósseis, põe em perigo nosso planeta. Ele já da sinal que não aguenta mais, e que sua capacidade suporte está prestes a  acabar.

Hoje, sei que devemos nos preocupar muito com nossas ações cotidianas, e não com previsões catastróficas de fim de mundo. A continuidade dos seres humanos na Terra depende das coisas que eu faço, das que você faz e , principalmente das que todos nós fazemos, sendo assim, temos chance de garantir a sobrevivência de todos os seres vivos na Terra, ou acelerar o nosso fim.

O aquecimento do Planeta Terra, proveniente das ações humanas  cria uma  bomba que pode  explodir e acabar com a raça humana num futuro próximo. E o que temos feito para frear isto? Quase nada, já que nossos representantes  e  parte da sociedade estão mais preocupados com o “agora” e com o poder, e não com o futuro.

Essa Era de Cristal chama a todos a se reconciliarem consigo, com os outros e com o Planeta, e a viverem em harmonia. Sei que não será fácil, dependerá do empenho de todos em fazer o bem a todos seres irmãos, além de adotarem hábitos sustentáveis: usando a água racionalmente; consumindo o necessário e com responsabilidade; descartando corretamento seu lixo; apreciando e preservando nossa flora e fauna, etc.

Vamos aproveitar essa época de festas pra lá de especial e nos reciclarmos? Separando o joio do trigo, e deixando que a natureza recarregue a nossa energia e nos prepare para um ano novo harmonioso e sustentável!

Gaia nos deixou essa lição de casa para fazermos no começo dessa nova Era. Com certeza será o legado  que deixaremos aos nossos filhos e netos. Você não irá ficar parado, né? Gaia cobrará essa aprendizagem! Arregace as mangas e vamos ao trabalho.

Feliz Era de Cristal!

Obrigada a equipe do Atitude Sustentável e a todos que me acompanharam nesse ano. Muito sucesso a todos vcs!

Feliz 2013!

Érica Sena

Boas festas a todos meus amigos!

Por erica sena às 19h59 de 20/12/2012

 

Ei galera, estamos no final de mais um ano, e para melhorar mudança de Era!

Momento especial  para repensarmos em nossa vida e mudarmos para melhor!

Felicidades a todos!

Obrigada pelo carinho de todos no ano de 2012. Próximo ano estaremos juntos!

Deixo para vcs o meu cartão de 2013, espero que gostem!
 Felicidades!

Abraços e muita luz!

Érica Sena

 

 

 

 

 

 

O desafio ambiental de se colocar em prática as 4 Ecologias

Por erica sena às 13h00 de 06/12/2012

A palavra ECOLOGIA já foi ouvida por todos vocês, não foi? Desde a Rio-92 a mídia começou a usar essa palavra indiscriminadamente, virou moda, mas pouco foi explicado sobre o conceito dessa palavra.

A palavra Ecologia tem origem no grego ”oikos“, que significa casa, e “logos“, estudo, significando “O estudo da casa (Terra). Foi usada pela primeira vez em 1869, pelo cientista alemão Ernst Haeckel  para designar o estudo das relações entre os seres vivos e o ambiente em que vivem.

Hoje e Ecologia moderna se dividiu em várias vertentes, de acordo com o Teólogo ambientalista Leonardo Boff: ecologia ambiental, ecologia social, ecologia mental e integral. Abaixo o o conceito de cada uma das vertentes segundo Boff.

Ecologia ambiental se preocupa com o meio ambiente, para que não sofra excessiva desfiguração, com qualidade de vida e com a preservação das espécies em extinção. Ela vê a natureza fora do ser humano e da sociedade. Procura tecnologias novas, menos poluentes, privilegiando soluções técnicas. Ela é importante porque procura corrigir os excessos da voracidade do projeto industrialista mundial, que implica sempre custos ecológicos altos.

Se não cuidarmos do planeta como um todo, podemos submetê-lo a graves riscos de destruição de partes da biosfera e, no seu termo, inviabilizar a própria vida no planeta.

Ecologia social -não quer apenas o meio ambiente, quer o ambiente inteiro. Insere o ser humano e a sociedade dentro da natureza. Preocupa-se não apenas com o embelezamento da cidade, com melhores avenidas, com praças ou praias mais atrativas. Mas prioriza o saneamento básico, uma boa rede escolar e um serviço de saúde decente. A injustiça social significa uma violência contra o ser mais complexo e singular da criação que é o ser humano, homem e mulher. Ele é parte e parcela da natureza.

A ecologia social defende o desenvolvimento sustentável. É aquele em que se atende às carências básicas dos seres humanos hoje sem sacrificar o capital natural da Terra e se considera também as necessidades das gerações futuras que têm direito à sua satisfação e de herdarem uma Terra habitável com relações humanas minimamente justas.

Ecologia mental ou profunda sustenta que as causas do déficit da Terra não se encontram apenas no tipo de sociedade que atualmente temos mas também no tipo de mentalidade que vigora, cujas raízes alcançam épocas anteriores à nossa história moderna, incluindo a profundidade da vida psíquica humana consciente e inconsciente, pessoal e arquetípica.

Há em nós instintos de violência, vontade de dominação, arquétipos sombrios que nos afastam da benevolência em relação à vida e à natureza. Aí dentro da mente humana se iniciam os mecanismos que nos levam a uma guerra contra a Terra. Eles se expressam por uma categoria: a nossa cultura antropocêntrica. O antropocentrismo considera o ser humano rei/rainha do universo. Pensa que os demais seres só têm sentido quando ordenados ao ser humano; eles estão aí disponíveis ao seu bel-prazer. Esta estrutura quebra com a lei mais universal do universo: a solidariedade cósmica. Todos os seres são interdependentes e vivem dentro de uma teia intrincadíssima de relações. Todos são importantes.

Ecologia integral- parte de uma nova visão da Terra. É a visão inaugurada pelos astronautas a partir dos anos 60 quando se lançaram os primeiros foguetes tripulados. Eles vêem a Terra de fora da Terra. De lá, de sua nave espacial ou da Lua, como testemunharam vários deles, a Terra aparece como resplandecente planeta azul e branco que cabe na palma da mão e que pode ser escondido pelo polegar humano.

O ser humano é a própria Terra enquanto sente, pensa, ama, chora e venera. Os cosmólogos, vindos da astrofísica, da física quântica, da biologia molecular, nos advertem que o inteiro universo se encontra em cosmogênese. Isto significa: ele está em gênese, se constituindo e nascendo, formando um sistema aberto, sempre capaz de novas aquisições humanos, estamos igualmente em processo de antropogênese, de constituição e de nascimento.

Bom depois dessas informações não se pode mais dizer que Ecologia é apenas preservar a natureza. É muito mais abrangente. Pois tudo está interligado no Planeta.

Saiba mais:

Assista o vídeo de Leonardo Boff:

As 4 Ecologias de Leonardo Boff

http://leonardoboff.com/site/lboff.htm

Érica Sena

Você consome exageradamente?

Por erica sena às 13h58 de 24/11/2012

 

 

O consumismo é o grande entrave para o êxito do desenvolvimento sustentável, já que vivemos numa sociedade do consumo, onde adquirir bens, principalmente de marcas renomadas dão status a quem as possuem. Isso é legal, dá moral, poder e privilégios, concordam?

Só que esse modo de se viver não tem nada de sustentável. E na atual situação, onde o Planeta Terra dá sinais de exaustão de seus recursos naturais, esse modo de vida não nos cabe mais, sendo prudente haver uma mudança urgente de hábitos.

É importante notar que o consumo é algo natural, mas quando a palavra consumo se une com o sufixo “ismo”, resultando na palavra CONSUMISMO, alude a desperdício e excesso, colocando em risco os recursos naturais do Planeta.

Pensando no impacto negativo do consumismo, faz-se necessário uma reeducação dos adultos, e principalmente a educação das crianças, visando um consumo mais consciente, e assim mais sustentável.

A ação de consumir em exagero nem sempre é uma resposta aos ataques da mídia, muitas vezes é sintoma de uma doença chamada de Oneomania ou consumo compulsivo e deve ser tratada, já que essa pessoa gasta mais do que pode, prejudicando-se financeiramente. Fique atento ao seu ato de consumir e de sua família, e se estiver fora do normal procure ajuda médica.A Oneomania além de fazer mal para o” bolso” do doente, faz mal ao Planeta.

Segundo estudiosos do assunto, não haverá salvação da humanidade, se não houver um consumo consciente de toda a sociedade.

Infelizmente muitas pessoas acham que ao comprar tal produto terão felicidade e conseguirão status, mas na verdade, na maioria das vezes o vazio existencial continua, e a pessoa se vê cada vez mais deprimida. Acontece isso com você?

Temos que rever nossos valores e valorizar o que temos dentro de nós, e com certeza a felicidade virá com a simplicidade e não com bens materiais em exagero.

As crianças devem ser educadas valorizando o que é de fato importante, e não fazendo delas futuras doentes. Deve-se ensinar que  devemos consumir o que precisamos, e o que podemos pagar sem comprometer nossas finanças e os recursos naturais. E que devemos escolher os produtos menos agressivos ao meio ambiente e ao nosso organismo.

Se todos começarem a consumir conscientemente os recursos naturais permanecerão em nosso planeta para atual e para as próximas gerações. Agora se continuarmos a agir assim a nossa sobrevivência ficará complicada.

Você quer fazer um teste para saber se é um consumidor consciente?

Acesse http://www.akatu.org.br/testes

Érica Sena- 16/11/12

 

Oi, O Tucano ecologista conta suas aventuras no Gibi 4

Por erica sena às 20h28 de 06/11/2012

                                                    


As aventuras OI! O Tucano ecologista e sua turma  já está no seu 4º gibi.: A anta da Amazônia

Desde o 1º gibi o Pensar Eco divulga esse trabalho maravilhoso do seu criador e desenhista Fernando Rebouças.

http://www.loja.oiarte.com/promo_fretegratis.html


 A Anta da Amazônia é o gibi n° 04 da turma do “Oi!” , a edição é toda colorida e , na história principal, a turma do Oi! O Tucano Ecologista ajuda a salvar uma anta da Amazônia. O gibi também apresenta quadrinhos das Formigueiras e do Sapatudo. E uma história sobre a reciclagem e as cores do lixo. O gibi pode ser pedido com frete reduzido no link acima.

 

Para pedir todos os gibis da coleção com frete grátis, acesse: http://www.loja.oiarte.com/promo_fretegratis.html

20 anos de OI!

Esse lindo Tucano já está fazendo 20 anos…Parabéns Oi!

Neste ano de 2012 Oi! O Tucano Ecologista comemorou mais de 20 anos de criação, para celebrar a data , Fernando Rebouças, selecionou 20 tiras do personagem, as tiras pertencem à série que mais se destacou em publicações na imprensa do Brasil e exterior.

Para conhecer essa tiras acesse http://www.oiarte.com/tiras_20anos/



Pensar Eco comenta:


Eu já tenho os 4 Gibis do Oi!, sou fã desse Super Herói do meio ambiente!


Nessa gibi, ele e seus amigos fazem um plano para salvar a Anta da Amazônia deixada na Mata Atlântica pelos maldosos caçadores.Imperdível!!


Está esperando o quê para adquirir o seu gibi? As crianças pequenas e grandes vão adorar!


Parabéns Fernando Rebouças pelo sucesso!


Sou fã mesmo do Oi!!!!

     Érica Sena

Hoje se fala muito em sustentabilidade e desenvolvimento sustentável. Eles viraram termos da moda, sendo usados principalmente para fins marqueteiros, mas poucos sabem que esses dois termos não são novos, pois foram usados primeiramente no Relatório elaborado pela ONU,  em 1987, chamado de “ O Nosso Futuro Comum”, e depois na Rio-92.

Encontra-se no Relatório “O Nosso Futuro Comum” o seguinte conceito de Desenvolvimento Sustentável: aquele que “ procura satisfazer as necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade das gerações futuras de satisfazerem suas próprias necessidades”.

Em nossa Constituição Federal de 1988, no Artigo 225, mesmo não usando  a palavra, o conceito de sustentabilidade está implícito, sendo um dever de todos nós.

“Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao Poder Público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações.”

Hoje, a palavra sustentabilidade entrou na mídia, e assim, tudo virou sustentável como num passe de mágica, com a intenção de conquistar o mercado, fazendo que todos consumam sem culpa (“greenwashing” = maquiagem verde). Claro que existem empresas comprometidas com este assunto, possuindo políticas de sustentabilidade, mas uma grande parte não as têm.

Poucos sabem que a sustentabilidade de uma empresa/produto ou de um serviço tem que ser construída em cima de 3 bases: ambiental, social e econômica (“triple botton line”). Para ser sustentável tem que ser ambientalmente correta, socialmente justa e economicamente viável. Se uma das bases não for contemplada a sustentabilidade não ocorrerá.

Como saber se as empresas têm ações realmente sustentáveis, ou não? A maioria das empresas sérias fazem relatórios de sustentabilidade, onde mostram projetos socioambientais que desenvolvem e falam sobre as tecnologias verdes usadas dentro do seu processo produtivo. Esses relatórios são disponíveis nos sites da empresas.

É nosso dever tornarmos cidadãos mais conscientes e sustentáveis, afim de  lutar pela garantia da qualidade de vida da geração presente e da geração futura.  É bom lembrar que as ações sustentáveis só darão resultados a médio e longo prazo, e não imediatamente. As atitudes tomadas agora farão parte do legado que deixaremos às próximas gerações. Que tal escolhermos consumir produtos menos impactantes ao meio ambiente e à nossa saúde, além de tornarmos nossas atitudes mais ambientalmente corretas?

A sustentabilidade deve ser  construída com o desenvolvimento humano, baseado no bom relacionamento com o próximo e com a natureza.

“O futuro será verde ou não? Esta verdade está no coração do maior desafio da humanidade: Aprender a viver em harmonia com a Terra em uma base verdadeiramente sustentável.”(Ambientalista Sir Jonathon Porritt)

Que tal encarar este desafio acima? O prêmio virá a longo prazo, mas garantirá a sobrevivência da nossa espécie e de outras que habitam o Planeta Terra.

Érica  Sena

Vídeo institucional da Plataforma Liderança Sustentável

Por erica sena às 18h49 de 05/10/2012

 

 

 

O que é a Plataforma Liderança Sustentável?


Assista ao vídeo, clicando Ideia Sustentável on Vimeo.


Saiba mais acessando o site http://www.ideiasustentavel.com.br/lideres/


Parabéns Ricardo Voltolini , Paula Pompeu,  Kaká Marinheiro e toda equipe da Ideia Sustentável pelo belo trabalho!!

Obrigada pelo convite. Adorei ter participado desse vídeo!

Sucesso!!!

Érica Sena

Semana da mobilidade em SP: 16 a 22 de setembro

Por erica sena às 10h05 de 13/09/2012

Estamos atravessando um momento importante para os municípios e moradores:  a eleição de Prefeitos e Vereadores. Infelizmente muitos eleitores não levam a sério esse ato de cidadanaia tão importante, votam, quando não anulam, em qualquer um, sem se quer saber das propostas e o que fez pela comunidade.

Por outro lado, somos surpreendidos com candidatos sem preparo algum, mas que estão lá por representarem algum grupo ou interesse. Não sou contra isso, desde que represente os interesses da comunidade, mas fico indignada com esse despreparo.Os partidos deveriam pelo menos ensinar a se apresentarem melhor em público, já que não existem pré-requisitos para se se tornar candidato. Concorda?

 Reflita comigo: para arrumar um emprego hoje é cobrado: graduação e pós-graduação, cursos diversos, línguas estrangeiras, experiência, além de dinâmicas para saber se a pessoa é proativa, líder, competente,etc. Por quê para esses cargos políticos  de representação do povo, não precisa? Conclui-se que nós precisamos ter várias competências e habilidades para ganhar um salário muitas vezes ridículo, enquanto eles ao entrarem, ganham muito e não precisam nem saber ler direito! Isso é correto? Claro que tem um porque, a maioria dos despreparados são facilmente  manipulados pelos que tem conhecimento e astúcia dentro  da máquina pública, servindo de laranjas. Claro que exceções existem e talvez esteja sendo radical de mais, mas penso assim!

Mas o que eleição tem a ver com temas ambientais? Tenho assistido sempre que posso o horário político, e não tenho visto quase nenhuma proposta de como tornar os municípios mais sustentáveis. O discurso é o mesmo de 20 anos atrás: desenvolvimento a qualquer preço!

Existem plataformas ambientais feitas por entidades de renome no assunto para dar embasamento ao candidatos à Prefeito, Vereador, e  porque não aos eleitores, de como tornarem seu município mais sustentável. São eles:

Programa Cidades Sustentáveis

Plataforma Ambiental dos Municípios- SOSMA.

Mas acredito que a maioria deles não estejam preocupados com nada disso, ou até não saibam da existência destes materiais. Se você trabalha na campanha de algum candidato mostre a ele os programas citados e ajude nessa luta!

Finalizando, te convido a se juntar ao grupo dos eleitores conscientes, que votam , independente do partido, em candidatos que se mostram capazes de nos representar, e que tenham no programa a preocupação em desenvolver sua região de modo sustentável, levando em conta não só o fator econômico, mas o social e o ambiental.

Tão importante quanto o votar consciente, é  acompanhar o mandato deles, principalmente dos vereadores da nossa região, exigindo deles: respeito, trabalho e que cumpram o que prometeram na campanha. Isso é cidadania!

Vamos refletir bem antes de darmos nosso voto (de confiança) na urna, pois as consequências serão sentidas diretamente em nosso dia-a-dia por mais 4 anos. Acompanhe a propaganda eleitoral de todos e compareça aos debates e campanhas em sua região se ocorrerem, isso poderá ser um fator decisivo em sua escolha!

Vamos lutar por uma cidade mais sustentável, menos caótica, onde tenhamos qualidade de vida! Que tal começar agora cobrando isso dos nossos candidatos? Pense nisso!

Érica Sena -30/08/12

 

 

 

ECOcardioGRAMA

erica sena
@erica sena
Sou uma ambientalista tentando alertar os seres humanos! Sou bióloga, gestora ambiental, especialista em Tecnologia Ambiental e educadora. Escrevo artigos ambientais e faço palestras. Tenho um blog ambiental: PENSAR ECO, É LÓGICO! http: pensareco.blogspot.com/ ECOcardioGRAMA: http://atitudesustentavel.uol.com.br/ecocardiograma/ Desempenho também a parte de comunicação digital de duas cooparativas: http://cooperativacooperaacs.blogspot.com http://cooperativacrescer.blogspot.com/
  • Categorias