Eco-amp: amplificador de som sustentável

Por Gisele Eberspacher às 11h46 de 02/07/2012

Inspirados no modelo de um gramofone antigo, o pessoal da eco-made projetou o eco-amp, um amplificador de som para Iphone completamente sustentável. O material é feito papel de fibra certificado e reciclável. Além disso, por ser de papel, o produto é plano, o que ajuda a causar menos impacto no transporte.

O eco-amp é vendido por $7.99, em uma embalagem com duas unidades aqui.

Bateria de computador recarrega com água

Por Gisele Eberspacher às 15h02 de 27/02/2012

Cada vez mais, se busca um equilíbrio entre a utilização de tecnologia inovadora com maneiras mais sustentáveis de se obter energia. Assim, novos projetos surgem propondo novas formas de pensar a tecnologia.

A proposta dos designers Seunggi Baek e HyerimKimThe é uma versão mais sustentável de notebook, que funciona com água e energia solar. Inspirado no organismo de uma planta de bambu, o aparelho foi chamado de Plantbook e é capaz de transformar água em energia. Para carregar a bateria, é preciso coloca-la em um recipiente com água, que é absorvida, provocando eletrólise em uma placa de aquecimento solar. No processo, os hidrogênios da água são usados para carregar o computador, enquanto o oxigênio é descartado.

O aparelho ainda é um conceito e não tem previsão de produção.

Cases biodegradáveis para iPhone

Por Gisele Eberspacher às 13h56 de 07/02/2012

As empresas Italian Med e Biomood criaram um case de iPhone biodegradável – o iNature. 90% do material se decompõe quando entra em contato com o solo em um prazo de 180 dias. O bio-plástico Apinat, porém, pode aguentar climas extremos (tanto calor quanto frio) e umidade.

Cada um custa US$ 19,90. Veja mais aqui.

Capa solar para Kindle

Por Gisele Eberspacher às 15h15 de 13/01/2012

Uma das novidades sustentáveis da CES 2012 (Consumer Electronics Show, uma das maiores feiras de eletrônicos do mundo, que acontece em Las Vegas) é uma capa solar para o reader Kindle. Com um pequeno painel solar embutido e duas baterias para armazenar energia, a capa ainda tem uma pequena lanterna LED para leitura em locais com pouca luz.

Recarregue gadgets com água

Por Gisele Eberspacher às 13h33 de 09/01/2012

Já pensou poder recarregar seu celular apenas com água? É a ideia do PowerTreckk portable, um pequeno aparelho que utiliza água como fonte de energia para recarregar baterias.

O sistema gera energia elétrica a partir da reação química entre o hidrogênio da água e eletrodos especiais, contidos no pequeno aparelho.

O preço ainda é alto: $299. Veja mais informações aqui (em inglês).

Bateria de carro cheia em apenas duas horas

Por Gisele Eberspacher às 10h01 de 04/01/2012

A Siemens Portugal desenvolveu um novo modelo de posto de carregamento para carros elétricos que diminui o tempo em que o carro precisa ficar plugado no aparelho em 60%. O Cp500A, como foi batizado, já está disponível em Portugal. A estimativa é que os carros demorem apenas duas horas para ficar com a bateria completa.

Ainda, o aparelho pode carregar dois veículos ao mesmo tempo, diminuindo a necessidade de instalar muitos aparelhos.

Capa para tablets é feita de cortiça sustentável

Por Matheus Brandão Granemann às 16h54 de 14/11/2011

Criada por Michel Roger, a capa eco-chic é desenhada para iPads, laptops de até 15 polegadas e Kindles. O produto é constituído em seu interior por material neoprene e externamente de uma camada impermeabilizante, que garante uma maior proteção.

O acessório eco-friendly é feito de cortiça natural de origem espanhola e a sua extração foi feita de maneira sustentável.

Para mais informações clique aqui.

Gadget coloca seu computador em modo espera

Por Gisele Eberspacher às 13h09 de 24/10/2011

Que tal um gagdet que faz você economizar mais energia em casa? O USB Green Button, da Kikkerland Design, coloca seu computador em modo espera quando você saí do quarto sem desligar o aparelho.

O aparelho custa $13.50 nesse site.

Pilha recarregável com água, urina e whisky dura cerca de 20 anos

Por Matheus Brandão Granemann às 17h27 de 30/09/2011

Através de uma reação química, as pilhas recarregáveis APS-J NoPoPo poderão ser recarregadas por água que mesmo em pequena quantidade pode fornecer energia. O grande diferencial é sua capacidade de duração, podendo ser armazenada por mais de 20 anos e ainda serem utilizadas.

Fabricantes da pilha APS-J NoPoPo recomendam utilizar água para recarregar o dispositivo.

Elas também podem ser recarregadas com suor, urina, saliva, álcool, água da chuva, água do mar e até mesmo whisky. O fabricante recomenda que se utilize água, não impedindo o uso das outras fontes, mas porque a performance pode ser afetada.

Para mais informações:  http://waterbattery.com/

Uma nova tecnologia que permite que células solares sejam aplicadas de maneira semelhante à uma tinta foi desenvolvida pela Mitsubishi. Cientistas vêm tentando aumentar a eficiência e a coleta de energia de painéis solares para torná-los mais fáceis de instalar e usar.

As preocupações com a otimização de fontes de energia ecológicas no Japão aumentaram desde os terremotos e tsunamis de março e a crise da energia nuclear. Nessa busca de energia alternativa, a Mitsubishi Chemical Corp. foi a primeira empresa a criar o protótipo de spray de células solares que atualmente tem uma eficiência de 10%, mas com a pretensão de aumentar para mais de 15% até 2015.

Essas novas células solares utilizam compostos de carbono que, quando secos e solidificados, atuam como semicondutores que geram energia ao serem expostos à luz. Atualmente, a maioria das células solares requer silício cristalino para ser prensado entre folhas de vidro e posicionado em telhados, por exemplo. As células solares pulverizadas têm menos de 1 mm de espessura e pesa menos de um décimo de painéis solares cristalinos do mesmo tamanho.

Uma das vantagens da aplicação do spray é a possibilidade de ser usado em superfícies curvas, redondas ou flexíveis. Poderia ser aplicada em carros para ajudar na potência do veículo ou até mesmo em roupas. A empresa pretende trabalhar com fabricantes de automóveis domésticos para construir um revestimento para carros com o objetivo de dar ao veículo o poder de viajar pelo menos 10 km depois de ser exposto ao sol por um período de duas horas.

  • Categorias